quinta-feira, 18 de Abril de 2013 11:19h Atualizado em 18 de Abril de 2013 às 11:24h. Erik Ullysses

PM e PC intensificam trabalhos em busca de mais segurança

Objetivo é combater o crime e minimizar os problemas de segurança pública da cidade

As Policiais Militar e Civil já trabalham a algum tempo de forma integrada com o objetivo de combater a criminalidade. Contudo, nos últimos dois meses essa parceria vem demonstrando estar mais sólida e constante. Essa nova fase entre as duas instituições é confirmada pelo comando de ambas.
De acordo com o comandante do 23° BPM, tenente coronel Marcelo Carlos, as duas instituições vêm traçando metas de atuação para a redução da criminalidade em Divinópolis e nas cidades da região que estão sob a jurisdição das duas policias. Ele contou que desde ontem (17) comandantes da PM e delegados da PC passarão a se reunir todas as quartas-feiras para que possam discutir ações a serem colocadas em prática durante a semana. “Nós estamos perfeitamente integrados, inclusive eu e o Dr. Fernando estamos indo a Itaúna, onde nos reuniremos com os novos delegados e com o comandante da Companhia PM daquele município, para traçar as metas e as estratégias de trabalho. Aqui nós estamos fazendo também a partir de hoje, tanto os delegados responsáveis pela RISP 112 e Risp 113 e os capitães comandantes das companhias nestas respectivas áreas, reuniões todas as quartas-feiras após a reunião da ACASP para traçar as metas e as estratégias para semana. Então, é um trabalho de integração, que estamos aí cada vez mais nos aproximando e traçando estratégias” afirmou.
O comandante disse ainda que as instituições também vem trabalhando juntas na elucidação dos crimes que ocorreram recentemente na cidade, havendo até mesmo uma parceria entre as Inteligências da PM e da PC. “Nestes crimes que aconteceram na última semana nós trocamos informações, trabalhamos juntos. Conseguimos neste último homicídio prender os autores. Foram três ao todo, que foram devidamente autuados em flagrante pela Polícia Civil e a cada evento que acontece eu entro em contato com o Dr. Fernando. O nosso Sistema de Inteligência está atuando de forma integrada com o Sistema de Inteligência da Polícia Civil. Estamos caminhando, convergindo todos os esforços em prol da minimização dos problemas aqui em Divinópolis”, destacou.
Para o delegado regional, Fernando Vilaça, esse mutualismo entre as duas corporações já rendeu frutos, como as prisões ocorridas recentemente durante operações conjuntas. “Nossa integração está excelente. Temos desenvolvido um trabalho com a Polícia Militar de forma realmente integrada, inclusive até no planejamento das operações. Estão sendo feitas várias operações neste sentido e com resultados positivos. Nas operações que desenvolvemos no mês passado e no início deste mês tivemos a prisão de mais de 15 pessoas”, ressaltou o delegado.
Assim como o comandante da PM, o delegado também reafirmou que os comandos da PC e da PM vem se reunindo de forma constante, o que melhora os serviços prestados para a comunidade. “Nosso trabalho tem sido feito de forma sistemática, os delegados responsáveis pelas delegacias aqui de Divinópolis tem tido contato direto com os oficiais da PM, também responsáveis pela área deles. É uma troca de informações diárias que tem dado resultado positivo para a sociedade”, concluiu.

 

Operações no período noturno


Outra mudança que começa a ser sentida é o aumento de operações por parte da Polícia Militar no período noturno. Este tipo de ação também vem sendo intensificado e a tendência, segundo o comandante do 23° BPM, é que elas ocorram ainda mais. O principal motivo desse crescimento é justamente o número de práticas delituosas que ocorrem neste período do dia. “Nós estamos trabalhando em uma escala ascendente de operações. Vamos intensificar nos horários que tem acontecido nossos principais problemas. Obviamente que o crime migra. Ele vai mudar de local, vai mudar de horário, e nós temos que trabalhar isso. É a chamada ‘Polícia Orientada Para a Solução dos Problemas’. Então vamos tentar atuar onde os problemas estão ocorrendo”, disse o comandante Marcelo Carlos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.