quinta-feira, 24 de Setembro de 2015 10:21h Atualizado em 24 de Setembro de 2015 às 10:24h.

PM encontra lista com “marcados” para morrer em Nova Serrana

Na lista, estavam três nomes riscados de pessoas que já foram assassinadas. Durante a ação, ainda foram localizadas armas, drogas e dinheiro

A Polícia Militar de Nova Serrana tirou ontem de circulação quatro adolescentes infratores e um jovem. Todos eles estão envolvidos com o tráfico de drogas e podem ser autores de homicídios na cidade, já que foi encontrada uma lista com nomes de pessoas “marcadas” para morrer e três deles já foram riscados, sendo todos vítimas de assassinato.
De acordo com a Polícia Militar, durante patrulhamento pelo bairro Santa Maria, os militares viram um adolescente, de 17 anos, que é foragido do Centro Socioeducativo de Sete Lagoas, em cima de uma laje. Ao ver os militares, o adolescente jogou uma arma de fogo no quintal vizinho e fugiu, pulando o muro da casa e entrando em uma mata.
Dentro da casa, os militares abordaram mais três adolescentes, todos de 16 anos, e um jovem, de 25 anos. Os suspeitos, ao perceberem que estavam cercados, jogaram as armas nos quintais das casas vizinhas.
Na casa, os militares encontraram uma pistola calibre 765 descarregada, mais de R$ 3,6 mil em dinheiro, uma porção grande de crack, mais nove pedras da mesma droga prontas para o comercio, três tabletes grandes de maconha, 17 buchas da mesma droga prontas para o comercio.
Além das drogas, os militares ainda encontraram dentro do imóvel, cinco munições intactas calibre 38, 20 munições intactas calibre 9 mm e 13 munições calibre 9mm picotadas, 20 munições intactas calibre 32, além de eletroeletrônicos de procedência duvidosa.
Os militares entraram na mata e conseguiram localizar o adolescente que disse aos policiais que a casa era utilizada para a preparação de drogas para venda. Os militares ainda encontraram um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma pistola calibre 9 mm com 13 munições do mesmo calibre, de fabricação Argentina. Armas estas que foram jogadas no quintal vizinho pelos suspeitos ao perceberem a aproximação dos militares.
Por fim, os militares encontraram um caderno com uma lista de várias pessoas marcadas para morrer, entre elas, três nomes riscados de pessoas que já foram assassinadas na cidade. O jovem foi preso e os adolescentes apreendidos e levados para a Delegacia, juntamente com os materiais apreendidos.

 

Créditos: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.