quinta-feira, 18 de Outubro de 2012 10:43h Gazeta do Oeste

PM negocia rendição de suspeito de balear três no Centro de SP

 A Polícia Militar negociava a rendição de um homem suspeito de balear três pessoas em uma casa na Rua Castro Alves, na Liberdade, no Centro de São Paulo, por volta das 10h40 desta quinta-feira (18). Segundo a sala de imprensa da PM, o homem teria feito os disparos por volta das 8h30.

 

O Corpo de Bombeiros foi acionado. Segundo a corporação, porém, as vítimas foram socorridas pela própria Polícia Militar.

 

Segundo a PM, o suspeito é um ex-militar que tem problemas mentais. De acordo com o Globo Notícia, os baleados são uma psicóloga, um oficial da Justiça e um enfermeiro. As vítimas foram ao local para interná-lo e foram recebidas a balas.

 

Segundo a Secretaria Muncipal de Saúde, as três vítimas foram levadas ao Pronto-Socorro do Hospital Vergueiro e devem passar por procedimentos cirúrgicos. Até as 10h, não havia informações sobre o estado de saúde delas.

 

À Globo News, o tenente Eduardo, da Polícia Militar, informou que um homem do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da PM, negociava com o atirador pelo telefone celular da mãe do suspeito. O Gate isolou a área.

 

Ainda de acordo com a Globo News, o suspeito sofre de esquizofrenia, tem 32 anos e possui várias armas em casa.

 

 

 

 

 

 

 

G1

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.