quarta-feira, 15 de Julho de 2015 10:38h Atualizado em 15 de Julho de 2015 às 10:44h.

PM prende suspeitos de mais de 40 roubos em 30 dias

A Polícia Militar (PM) de Divinópolis prendeu nesta segunda-feira dois suspeitos de terem cometidos mais de 40 roubos nos últimos 30 dias na cidade

O alvo preferido era mulheres e na casa deles os policiais militares encontraram vários objetos roubados.
A PM chegou até Jonathan Alves Rodrigues, de 29 anos, depois do celular de uma das vítimas ter sido religado uma semana após o crime e o GPS indicar o local exato de onde estava o aparelho. Ele foi abordado na Rua Bom Sucesso, no bairro Interlagos.
Além do celular, os policiais militares encontraram com ele, que estava em uma motocicleta, duas buchas de maconha e dinheiro. Ainda de acordo com a PM, Jonathan confessou ser o autor de vários crimes e que praticava os roubos com a ajuda de Alisson Rodrigo de Castro, de 24 anos.
Os policiais foram até a casa de Jonathan, localizada na Rua São Joaquim, no bairro Maria Helena, onde abordaram e prenderam Alisson. No local, os policiais encontraram diversos materiais de procedência duvidosa. Alisson também confessou a prática de diversos roubos, relatando, inclusive, que ele e Jonathan revezavam a motocicleta utilizada para dificultar a identificação e prisão deles.
Os dois foram presos e encaminhados para a delegacia, juntamente com o material apreendido. A motocicleta que estava com Jonathan e outra que foi encontrada na casa foram apreendidas e encaminhadas para o pátio credenciado ao Detran.
Jonathan já cumpriu pena por assaltos e Alisson também já cumpriu pena, mas por latrocínio, em Oliveira.

 

Crime
De acordo com a PM, a dupla utilizava uma faca para cometer os crimes. Mais de 40 pessoas, a maior parte delas mulheres, foram vítimas deste tipo de crime no Centro e bairros próximos nos últimos 30 dias.
A dupla abordava as vítimas e de posse da faca e fazendo ameaças roubavam as bolsas e celulares. Na ação, foram apreendidos vários documentos, bolsas, bijuterias, cartão de memória, relógio, pen drive, óculos, celulares de procedência duvidosa, os quais foram reconhecidos em sua maioria por diversas vítimas que compareceram à delegacia. Os indivíduos foram reconhecidos por 12 vítimas, mas outras ainda devem fazer o reconhecimento dos suspeitos.

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.