quarta-feira, 1 de Agosto de 2012 16:25h Gazeta do Oeste

Polícia apura se criança foi morta por vingança em Matozinhos

A Polícia Civil de Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, tenta encontrar elementos para esclarecer a misteriosa morte da menina Letícia Luiza dos Santos, de 8 anos. A garota foi encontrada sem vida na tarde de segunda-feira em um córrego na zona rural, depois de ficar quatro dias desaparecida. A delegada Fernanda Mara de Assis, responsável pelo inquérito, informou que devido ao estado em que o corpo foi encontrado não foi possível definir se a criança foi assassinada ou morreu afogada. Apesar de ainda não ter uma linha de investigação definida, a policial vai considerar uma hipótese de vingança, levantada pela família da vítima.

A delegada aguarda para até o fim desta semana um resultado preliminar do exame de necropsia feito no corpo da menina para avançar nas investigações. A hipótese de afogamento está quase descartada pela polícia porque o volume de água do córrego onde Letícia foi encontrada é muito baixo. “Vamos avaliar se ela foi vítima de violência sexual, se morreu em consequência de alguma agressão. A partir dessas informações poderemos esclarecer o que aconteceu”, explicou.

Para a família de Letícia, a menina foi vítima de uma vingança cometida por um rapaz, ex-namorado da irmã mais velha da vítima. A adolescente, de 17 anos, disse que o ex sempre a ameaçava por não aceitar o fim do relacionamento. Ele teria dito que, se não “pegasse” ela, faria isso com alguém da família dela. O rapaz, apontado com o autor do crime, chegou a ser preso na segunda-feira por agredir a ex-namorada. Depois de pagar fiança, ele foi liberado.

 

 

 

 

 

 

EM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.