quinta-feira, 25 de Agosto de 2016 07:37h PCMG

Polícia Civil conclui inquérito sobre morte de homem espancado durante carnaval em BH

Após criteriosa análise de imagens e investigação de campo, a Polícia Civil identificou e prendeu outros quatro suspeitos de envolvimento no homicídio de Yuri Eustáquio Alves Domingos, de 21 anos, agredido até a morte na madrugada do dia 10 de fevereiro deste ano, na Rua Carijós, Centro da capital.

As prisões ocorreram em datas diferentes, conforme qualificação dos investigados e expedição de mandados. Cerca de um mês após o fato, a Polícia já havia prendido o primeiro suspeito de participação no crime: Francisco Ricardo Sabino Neto, de 30 anos. À época, a equipe responsável pelas investigações trabalhava na identificação de outros quatro homens flagrados por câmeras de segurança agredindo a vítima.

Deivide de Souza, de 22 anos, foi preso no dia 31 de março; Rubens Felipe Sales da Silva, de 21, no dia 16 de maio; e aproximadamente um mês depois, em 19 de junho, foi a vez de Diogo Felipe Sales, de 20. No dia 17 deste mês, a Polícia prendeu o último suspeito, Clésio Mateus Santos Gonçalves, de 21.

A delegada que presidiu o inquérito, Ingrid Estevam, ressaltou “a importância da prisão dos autores para a elucidação da dinâmica e motivação do crime. Isso só foi possível devido a expertise e empenho da equipe de policiais envolvidos nas investigações”.

Agressão e morte

Conforme apurado, no dia do crime, Yuri estava no Centro da cidade comercializando substância entorpecente conhecida como ‘loló’. Um dos compradores acabou se desentendendo com Yuri, em razão da quantidade de droga fornecida e o valor que estava sendo cobrado.

A discussão acabou evoluindo para agressão física, ocasião em que outros homens se juntaram ao grupo. Yuri ainda tentou correr, mas a fuga foi dificultada pelo fato de estar com um dos pés fraturado. As agressões começaram na Avenida Amazonas e se estenderam até a Rua Carijós. Depois de espancar, os agressores ainda levaram os pertences da vítima.
 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.