segunda-feira, 4 de Abril de 2016 12:36h Agência Minas

Polícia Civil lança edital para cargo de auxiliar no Instituto Médico Legal

São 21 vagas em Belo Horizonte e Betim para função de apoio à medicina legal e à criminalística

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) abriu edital para credenciamento de auxiliar de necropsia para apoio à medicina legal e à criminalística. Ao todo serão 18 vagas para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte e outras três para o IML de Betim, com número indefinido de cadastro de reserva.

Os salários podem chegar a R$ 2.291,68 e a carga horária de cada prestador será de até 192 horas mensais, em regime de plantão de 12 horas, preferencialmente na escala de 12 por 36 horas. Cada auxiliar poderá dar até 16 plantões por mês. O contrato de prestação de serviço terá validade de cinco anos, a partir da data de divulgação do resultado do edital.

 

 

As inscrições, abertas nesta  segunda-feira (4/4), serão realizadas até 18/4, conforme previsto no edital disponível no site da PCMG (policiacivil.mg.gov.br). O candidato precisa ter curso técnico de nível médio em áreas biológicas, e afins; ou curso de técnicas na área de necropsia e/ou taxidermia/tanatopraxia com duração mínima de 30 horas; ou ter experiência prévia comprovada com a atividade por no mínimo três meses. O interessado precisa também ser brasileiro, estar quite com a justiça eleitoral e com o serviço militar, se for o caso;

A ordem de contratação dos candidatos considerados aptos será definida por meio de sorteio, observando o cronograma disposto no edital. Os candidatos que estiverem aptos serão comunicados do local, a data e o horário de realização do sorteio.

 

 

 

Entre as atribuições do auxiliar de necropsia estão a prática de dissecções cadavéricas; recepção e carregamento de corpos; higienização de corpos antes e ao fim do procedimento de dissecção; recomposição corpórea; armazenamento de corpos nas câmaras frias; transporte de corpos para reconhecimento; higienização e cuidados com material de dissecção, instrumental médico cirúrgico e mesas de necropsia; coleta, armazenamento e seguimento à cadeia de custódia de materiais para exames; procedimentos burocráticos requeridos; coleta e guarda de pertences; destinação a vestes e materiais hospitalares à coleta de resíduos e descarte e; participação em exumações.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.