terça-feira, 11 de Outubro de 2016 16:48h PCMG

Polícia Civil prende grupo criminoso envolvido no tráfico e roubos em Betim

A Polícia Civil de Minas Gerais, durante operação policial desencadeada na sexta-feira (7), prendeu dez integrantes de uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas na região do bairro PTB, em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 

De acordo com as investigações, os suspeitos estão envolvidos também em uma série de roubos na região, que seria a forma do grupo financiar as atividades de tráfico.

 

No dia 8 de agosto, por exemplo, membros da organização criminosa invadiram a sede da empresa responsável pela limpeza urbana no município e, portando armas de fogo, roubaram um revólver calibre 38,11 munições e um colete balístico do vigilante da empresa. Toda a ação criminosa foi registrada por câmeras de vigilância.

 

Já no dia 18 de maio, a quadrilha invadiu uma loja de roupas no centro de Betim, onde renderam funcionárias do estabelecimento e cliente e, com extrema violência, subtraíram aproximadamente R$ 35 mil em dinheiro, roupas e aparelhos celulares.

 

Após três meses de investigações, a polícia cumpriu mandados de prisão contra Diogo Júnior Pereira Coelho (conhecido como “Gordão”), de 28 anos, Douglas Vieira da Silva (o “Dogão”), 30,  Charles Figueira da Silva (o “Coelho”), 22, Mateus Felipe Medina de Pontes (o “Kinot”),  Fernando Mateus Gobbi (“Banana”), 25, Leonardo Douglas Barbosa (o “Pipoca”), 21,  Michael Douglas da Silva (o “Maikon”), 20, Paulo Roberto Moreira de Lima, 20, Júnio César de Souza Silva, 25, e Edilson Santana da Silva, 30.

 

Durante a operação, a polícia apreendeu cerca 600 buchas de maconha, seis munições  de arma de fogo, uma balança de precisão, uma prensa para preparo de drogas, material para embalar narcóticos, R$ 2.310 em dinheiro, três carros roubados, duas  motos e 20  aparelhos celulares.

 

Todos os envolvidos já possuem histórico criminal por diversos crimes, entre eles tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo. “Os dez investigados serão indiciados pela prática dos delitos de tráfico de drogas, constituir organização criminosa, crime de roubo e porte ilegal de armas”, informou o delegado responsável pelas investigações, Roberto Veran.


 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.