quinta-feira, 25 de Agosto de 2016 13:29h PCMG

Polícia Civil prende quatro pessoas suspeitas de morte de grávida e sequestro de bebê no Triângulo

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Civil, no Triângulo Mineiro, suspeitas de envolvimento na morte de Greiciara Belo Vieira, de 19 anos. A vítima estava grávida de nove meses e foi sequestrada em Uberlândia, na última quinta-feira (18). No domingo (21), o corpo dela foi encontrado em uma represa, em Ituiutaba, sem o bebê.
 
Desde então, a Polícia Civil em Ituiutaba, Uberlândia e Araguari vem realizando diligências para solucionar o caso. Os presos são: Shirley de Oliveira Benfica, de 30 anos, que teria encomendado a morte da vítima; Lucas Mateus Silva, de 22; Jhonatan Martins Ribeiro de Lima, de 24; e a enfermeira Jacira Santos de Oliveira, de 60 anos. Todos eles foram presos em flagrante, nesta segunda-feira (22), pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, sequestro, ocultação de cadáver e subtração de incapaz.
 
O bebê está no Hospital de Clínicas de Uberlândia, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), e passa bem. Outras informações serão repassadas à imprensa pelos delegados Hamílton Tadeu de Lima, Edson de Morais e Carlos Fernandes.
 
Segundo as investigações, a vítima foi seqüestrada na cidade de Uberlândia pelos suspeitos, que a levaram para o município de Ituitaba, onde próximo a uma represa foi dopada com a utilização de éter e submetida por Jacira, que tem formação em enfermagem, a uma cirurgia improvisada de cesariana. Em seguida, Greiciara foi envolvida em uma tela, amarrada a uma pedra e jogada na represa.
 
O recém-nascido foi transportado até Uberlândia, sendo localizado por policiais civis na residência de Kátia, sendo imediatamente encaminhado ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. De acordo com os levantamentos, Shirley, mandante do crime, teria simulado estar grávida meses antes do seqüestro de Greiciara.
 
As investigações ainda estão em curso e outros suspeitos de envolvimento no crime estão sendo procurados.
 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.