quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2016 11:02h Atualizado em 11 de Fevereiro de 2016 às 11:06h. Polícia Civil de Minas Gerais

Polícia Civil prende suspeitos de assassinar prefeito de Chiador

A Polícia Civil de Minas Gerais apreendeu, na tarde desta quarta-feira (10), dois jovens, de 18 e 19 anos, suspeitos de terem matado o prefeito de Chiador, Moises da Silva Gumieri, na noite dessa terça-feira (09)

A Polícia Civil de Minas Gerais apreendeu, na tarde desta quarta-feira (10), dois jovens, de 18 e 19 anos, suspeitos de terem matado o prefeito de Chiador, Moises da Silva Gumieri, na noite dessa terça-feira (09). Outro homem, de 24 anos, que seria o proprietário da motocicleta utilizada no crime, também foi preso em Três Rios e contribuiu na elucidação do crime. A ação contou com apoio da Polícia Militar de Minas Gerais e das Polícias Civil e Militar do Estado do Rio de Janeiro.

 

 


De acordo com o delegado Saed Divan, após diligências contínuas, a dupla foi capturada na tarde desta quarta, em uma fazenda localizada em Chiador. “ As investigações se iniciaram quando fizemos o pedido de dados do chassi da moto usada no crime. Mesmo apesar de estar raspado, após conferência no sistema, conseguimos identificar o nome do proprietário do veículo e o endereço dele. Então, ele foi preso e informou que havia emprestado a moto para os dois autores”, explicou.

 



Segundo o delegado de Mar de Espanha, Felipe Fonseca Peres, a arma usada no crime – um revólver calibre 38 – e a motocicleta utilizada também foram apreendidas. Os autores informaram que receberam R$4 mil para executar a vítima. “Mas não apontaram a motivação. Já identificamos o mandante desse crime e as investigações prosseguem”, enfatizou. Ainda segundo o delegado, os autores do crime têm passagens na Polícia por tráfico de drogas.

 



A dupla está sendo ouvida, nesta noite e será autuada em flagrante por homicídio qualificado. Já o jovem de 24 anos, que emprestou a motocicleta dele para os suspeitos, também está sendo ouvido e alegou que não sabia que a motocicleta seria utilizada em um crime. De acordo com o delegado Eurico da Cunha Neto, as diligências prosseguem a fim de prender o mandante do crime.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.