quinta-feira, 4 de Setembro de 2014 06:28h

Policia Civil prende suspeitos de matar taxista em Itapecerica

A Polícia Civil de Itapecerica prendeu nesta terça-feira três suspeitos, entre eles uma mulher, de terem cometido o latrocínio (roubo seguido de morte) contra o taxista, Paulo Monteiro, no dia 23 de agosto.

Um quarto suspeito foi preso no fim de semana.

De acordo com informações do delegado, Thiago, durante as investigações foram levantados indícios que apontam quatro suspeitos, sendo que um, que não teve o nome revelado, já tinha sido preso no último final de semana pelo furto de uma moto.


Na tarde de terça foram presos, Willian, Charles e Bianca. Todos eles com passagens pela Polícia. Com o mandado de prisão, os suspeitos foram ouvidos e levados ao presídio.


De acordo com as investigações, o veículo do taxista era rastreado e foi levantado todo o trajeto que fez em poder dos suspeitos. Após o crime os bandidos foram com o carro até o bairro Dom Antônio, em Itapecerica, e repassaram o automóvel para outros suspeitos, que seguiram para Divinópolis pela MG-050. Eles passaram pelo pedágio e foram filmados pelas câmeras de segurança.


Diante dos fortes indícios, o delegado solicitou mandado de prisão para todos os suspeitos. Thiago seguirá com as investigações para a conclusão do inquérito.

 

 

Latrocínio

Um taxista foi encontrado morto, no dia 23 de agosto, em Itapecerica, e o carro dele foi encontrado no dia seguinte, no bairro São José, em Divinópolis. O corpo de Paulo Martinho Monteiro, de 50 anos, foi encontrado em um trecho de uma estrada de terra que fica próxima à MG-260. A Polícia Militar acredita que os suspeitos se passaram por passageiros. Os criminosos usaram a camisa da vítima para matá-la.


O veículo foi localizado pela Polícia Civil (PC) de Divinópolis e estava abandonado na Rua Caratinga, próximo à Avenida Paraná, no bairro São José. A chave do carro ainda estava na ignição e uma faca foi encontrada no interior do táxi.

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.