quinta-feira, 2 de Julho de 2015 11:08h Atualizado em 2 de Julho de 2015 às 11:12h. Pollyanna Martins

Polícia Civil realiza Operação Maçarico em Divinópolis

A Operação, que começou no dia 8 de junho, tem como alvo os desmanches de carros

A Polícia Civil divulgou ontem o balanço da Operação Maçarico, realizada em Divinópolis. A ação começou a ser executada às 6h e cumpriu 33 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão, relacionados a crimes de furtos, roubos, adulteração de chassis e receptação de veículos. Ao todo, 135 policiais e 21 delegados do 7° Departamento da Polícia Civil de Divinópolis e da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Belo Horizonte participaram da Operação.
A Polícia Civil teve 32 alvos durante a Operação, entre eles oficinas, ferros velhos, estabelecimentos comerciais e residências investigadas. Segundo o delegado Danilo César Basílio, 12 pessoas foram presas, sendo dois mandados de prisão, sete prisões em flagrantes e três menores apreendidos. Os policiais apreenderam ainda dez veículos, alguns adulterados, outros produtos de roubo da região, armas de fogo, munições, instrumentos utilizados para adulteração de sinais identificadores, duas motos e 13 motores. “Hoje, nós apresentamos um resultado positivo, e vamos dar continuidade a este trabalho para conseguirmos mais resultados. Ainda há equipes de buscas nas ruas, procurando por indivíduos que são alvos da Operação”, informou.
Ainda de acordo com o delegado, os menores apreendidos roubaram um veículo na última sexta-feira e estavam extorquindo as vítimas, solicitando R$ 4 mil para devolver o veículo. “Todos esses ladrões têm ligações. A gente percebeu durante as investigações que sempre têm ligações um com o outro, embora às vezes não ajam em conjunto. Ainda é cedo para afirmar que é uma quadrilha, mas há uma cooperação entre eles”, explica.
As investigações começaram a ser feitas há cerca de dois meses e a Operação iniciou no dia 8 de junho. O chefe do 7° Departamento da Polícia Civil de Divinópolis, o delegado Ivan Lopes, informou que as investigações continuam e que outras operações serão realizadas em outras cidades ou ainda em Divinópolis, caso haja necessidade. Lopes destacou ainda que a Operação terá um reflexo positivo em toda região. “Não tem data para acabar, enquanto for necessário trabalhar nós vamos continuar. Nós formamos uma equipe especial para esta finalidade, aqui nesta sede de departamento. Ou seja, para agir no âmbito todo do departamento nestas 50 cidades, independente de divisa de município. A ação foi pontual hoje em Divinópolis, mas terá reflexos em todas as cidades da nossa região. A prova disso é que um dos veículos recuperados é uma Hilux que foi roubada há dez dias em Itapecerica”, avalia.

 

Crédito: Polícia Civil
Crédito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.