segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2016 11:17h Atualizado em 15 de Fevereiro de 2016 às 11:22h. Polícia Civil

Polícia Civil resgata motorista sequestrado e recupera carga roubada em menos de duas horas

A Polícia Civil recuperou um caminhão carregado com tecido que foi roubado na manhã desta sexta-feira(12), na BR 040 em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte

Além de recuperar a carga avaliada em R$ 18 mil, os policiais também resgataram o motorista do caminhão, que havia sido sequestrado pela quadrilha. 

Em ação investigativa contínua, os policiais seguiram o caminhão suspeito até um galpão na Via Expressa, no bairro Bernardo Monteiro, em Contagem, onde encontraram a carga de tecidos roubada e pelo menos outras três cargas roubadas nos últimos dias composta por produtos de limpeza e alimentos. Na ação, foram presos Wesley Silva, 27 anos, Wanderson Cristiano da Silva, 28 anos, que estavam no galpão, e Wender Fernandes de Abreu, que dirigia o veículo no momento da abordagem. Wanderson foi reconhecido pela vítima como seu primo já no Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp) na tarde desta sexta. A relação entre o planejamento do crime e esse parentesco será investigado.

O motorista do caminhão, vítima do sequestro, foi mantido por cerca de uma hora e meia em uma casa que servia como cativeiro até ser resgatado pela Polícia Civil, sem ferimentos. No local, foi preso Weslei dos Santos, 24 anos.  O suspeito Paulo Roberto Pereira, 54 anos, é apontado como o receptador da carga que deveria ser revendida no interior do estado e, de acordo com Ramon Sandoli, delegado da Polícia Civil, esse foi um diferencial dessa ação “prendemos também o receptador que é o motivador desse tipo de crime”, ressaltou.

Em continuidade às investigações, foi preso, no final da tarde, Welligton Basil, em uma mata próxima ao galpão. Um sétimo suspeito ainda continua a ser procurado. Na ação foram apreendidos dois carros, uma motocicleta, uma arma de fogo calibre 38 e um bloqueador de sinais de rastreador de caminhões. Nas ações de busca foram utilizadas as equipes por terra, um helicóptero da Polícia Civil e de policiais militares com cachorros, o que foi caracterizado pelo delegado Ramon Sandoli como um “trabalho de inteligência”.

 



Polícia Civil evita crime de saidinha de banco

Ainda na manhã desta sexta-feira (12), policiais civis, através de investigação de quadrilhas especializadas no crime conhecido como “saidinha de banco”, evitaram uma ação deste tipo em Betim. A Polícia Civil já realizava o monitoramento de roubos desse tipo em locais estratégicos e hoje conseguiu identificar uma dupla em uma motocicleta no momento em que os suspeitos iniciavam a ação.

A vítima, uma mulher que não será identificada, foi abordada próximo a um banco no bairro Petrolândia, em Betim. O carona desceu da garupa e tentou abordar a vítima jogando-a no chão, mas a equipe de policiais agindo, no mesmo momento, evitou que o crime fosse consumado.

O suspeito Edson Douglas Salaberg, 31 anos, foi preso e um adolescente de 16 anos foi aprendido. Também foram apreendidas uma motocicleta Honda e uma arma de fogo utilizadas no crime.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.