terça-feira, 29 de Março de 2016 11:19h Polícia Civil

Polícia Civil soluciona tentativa de feminicídio através de monitoramento eletrônico

A Polícia Civil prendeu Hudson Cunha Fortes, 24 anos, suspeito de tentar matar a namorada, uma jovem de 22 anos, atirando em direção a cabeça dela

A prisão foi possível, ainda dentro do prazo de flagrante, porque o homem usava uma tornozeleira eletrônica decorrente da concessão de medida protetiva para a jovem.

O relacionamento durou cerca de um ano, e as ocorrências de violência doméstica eram recorrentes até que a vítima procurou a delegacia especializada para registrar a queixa. A medida protetiva foi solicitada a Justiça, no mesmo dia, e a vítima foi encaminhada para um abrigo e, com medo do ex-namorado, a jovem chegou a se mudar do estado.

 

 

 

Quando retornou a Minas Gerais, a vítima voltou a ser ameaçada por Hudson e voltou a procurar o atendimento da Polícia Civil. Na ocasião, diante do descumprimento da medida protetiva e como as ameaças do suspeito continuavam ele passou, por decisão judicial, a ser monitorado eletronicamente.

Na última quarta-feira (23), Hudson voltou a ameaçar a vítima dizendo que se ela não ficasse com ele não seria de mais ninguém.  A jovem tentou fugir entrando na casa dela, mas o suspeito a seguiu pulou o muro da residência e invadiu o domicílio. Ele a agrediu e efetuou disparos para o alto e em direção à cabeça da vítima sem conseguir acertá-la e em seguida fugiu.

 

 

A vítima acionou a Polícia Militar que a encaminhou a delegacia, com o auxílio do monitoramento eletrônico, policiais civis conseguiram localizar e prender Hudson. A arma do crime não foi recuperada porque, segundo o suspeito, a mesma foi dispensada no Ribeirão Arrudas.

Hudson foi indiciado por tentativa de homicídio, ameaça, violação de domicílio e desobediência à decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito, a soma dos crimes pode superar os dez anos de prisão.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.