sábado, 25 de Agosto de 2012 08:49h Gazeta do Oeste

Polícia confirma morte de músico desaparecido em janeiro

Depois de mais de oito meses de muita angústia, chegou ao fim na tarde desta sexta-feira a esperança de que o músico Vinícius Maia Carvalho voltasse para o convívio com familiares e amigos. Desaparecido desde 11 de janeiro deste ano, Mainha, como era conhecido, foi reconhecido por meio de exame de DNA feito em uma ossada encontrada em Conselheiro Lafaiete, na Região Central de Minas.

 

 

De acordo com a chefe a Divisão de Referência à Pessoa Desaparecida, delegada Cristina Coelli, o resultado do exame feito a partir do material genético foi concluído nesta tarde. "Recebi a confirmação de que o DNA é positivo do departamento de biologia. O resultado aponta que a ossada é do Vinícius Maia", conta. A delegada destacou que a família do músico foi contatada imediatamente.

 

"Estamos na casa dos pais dele ainda processando a informação", disse o cunhado de Vinícius, Leonardo Vila Real. Segundo ele, a notícia foi recebida com muita tristeza e a família pretende se manifestar neste sábado sobre o desfecho trágico das buscas pelo músico.

 

A Polícia Civil ainda não divulgou detalhes sobre o local e as circunstâncias em que a ossada foi encontrada. O órgão apenas adiantou que ela estava na cidade de Conselheiro Lafaiete.

 

 

 

 

 

EM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.