quinta-feira, 3 de Outubro de 2013 06:44h Luiz Felipe Enes

Polícia Federal e prefeitura assinam convênio

Convênio do atual endereço foi renovado junto à prefeitura por mais um ano, porém a expectativa é que a unidade tenha sede própria no município.

Foram assinados ontem, novos termos de convênio entre a Prefeitura de Divinópolis e a Polícia Federal. O contrato estende, em mais um ano, o aluguel do imóvel, pago pelo município, em que fica situado a Delegacia.
O prefeito Vladimir Azevedo, assinou o contrato junto aos representantes da Polícia Federal, prorrogando até 2014, as despesas de locação do espaço. A Delegacia de Polícia Federal está em Divinópolis desde 2010, destacando-se em algumas especialidades, principalmente pela expedição de passaportes.
Atualmente, a Delegacia de Polícia Federal trabalha atendendo a 77 cidades do centro-oeste e do sul do estado. O trabalho aqui desempenhado pela PF tem sido alta. Cerca de 70 passaportes são emitidos todos os dias, atendendo a pessoas de toda região. Antes, isso só era possível obter, em Belo Horizonte. E a novidade quando chegou à cidade, trouxe satisfação aos moradores, conforme exemplifica Érika Avelar, 21 anos, moradora de Divinópolis que fez seu passaporte no ano passado. “Achei o serviço muito prático e eficiente, e em menos de um mês, meu passaporte já estava pronto”, comenta a jovem.
Segundo o Delegado-Chefe, Daniel Souza, é importante assegurar a parceria existente entre município e polícia. “Manter a Polícia Federal aqui em Divinópolis é muito importante, e graças à colaboração existente com a prefeitura, podemos de certa maneira ajudar a população”, comenta.
A parceria, inédita no município também é um método de reforçar a segurança das instituições públicas. “A Polícia Federal consolida seu desempenho nas atividades em Divinópolis, e pretendemos estender a colaboração até 2016”, disse Vladimir.
A Polícia Federal não só atua em questões administrativas, como a emissão de passaportes. Ela também atua no setor judiciário, desenvolvendo e apurando diversos inquéritos, e mostrando resultados, como recentemente, a apreensão de 75 quilos de maconha. Ainda de acordo com o delegado, a PF de Divinópolis possui várias linhas de investigação. “Cerca de 600 investigações, como de crimes fiscais e tributários estão sendo efetivadas na delegacia da cidade”, enfatiza Daniel.

SEDE PRÓPRIA
Um outro estudo já vem sendo desenvolvido pela Polícia Federal, o de construir a própria sede na cidade, assim de certa forma, cortando parte dos gastos públicos. Porém, ainda não é concreto o local para que se instale o imóvel em um ponto fixo em Divinópolis.
O Delegado-Chefe, também destacou que o trabalho deve continuar. “Estamos realmente desenvolvendo um trabalho a longo prazo para nossa sede própria, mas o imóvel já cedido pela prefeitura nos atende de forma eficaz, assim como para quem necessita dos nossos trabalhos”, finaliza Daniel Souza.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.