sexta-feira, 3 de Junho de 2016 13:51h Atualizado em 3 de Junho de 2016 às 13:56h.

Polícia Federal investiga explosão de caixas eletrônicos em shopping de Divinópolis

Um casal foi detido nesta quarta-feira com dinheiro que pode ser dos caixas explodidos e irá passar por perícia

POR CARINA LELLES

carina.lelles@gazetaoeste.com.br

 

Um jovem, de 26 anos, e a namorada dele, de 36 anos, foram detidos nesta quarta-feira, na Avenida Paraná, em Divinópolis. O casal estava com dinheiro com resquícios de pólvora, que pode ser dos caixas eletrônicos explodidos durante a madrugada em um shopping da cidade.

De acordo com a Polícia Militar, durante o patrulhamento, o carro em que o casal estava foi parado pelos militares e, com o jovem, foi encontrado dinheiro e, nas mãos dele, havia resquícios de pólvora. A namorada chegou a dizer que o dinheiro era dela, mas depois desmentiu.

Os dois foram levados para a Delegacia da Polícia Federal. De acordo com o Delegado Daniel Souza, os dois foram ouvidos e liberados. Foram apreendidos R$1,5 mil em notas de R$50 e R$1,1 mil em notas de R$20, que passarão por perícia. As versões apresentadas pelo casal serão investigadas.

Ainda de acordo com o Delegado, não houve flagrante, por isso o casal não ficou preso. No local da explosão foram recolhidas imagens do circuito interno de segurança, que serão analisadas, mas todos os criminosos estavam encapuzados.

 

 

 

Explosão

Na madrugada de quarta-feira, os militares foram acionados no shopping, localizado no bairro Bom Pastor. De acordo com a Polícia Militar, três seguranças estavam no shopping no momento em que os criminosos chegaram e atiraram contra a porta de vidro, que estilhaçou.

Os seguranças correram para o segundo piso e os criminosos explodiram dois caixas da Caixa Econômica Federal. Com o impacto, vitrines de lojas e um carro, que estava em exposição, ficaram danificados.

Pelo chão, os militares encontraram mais de R$13 mil em dinheiro. Também foi localizado uma bucha de maconha e uma cápsula de munição calibre 40 deflagrada no chão do saguão.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.