quarta-feira, 22 de Junho de 2011 09:45h Atualizado em 22 de Junho de 2011 às 09:55h. Venilton Ferreira

Polícia Federal realiza operação em Divinópolis e Cajuru

Foram apreendidos dinheiro, documentos e máquinas

A Polícia Federal apreendeu vários documentos e máquinas, após cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão, sendo um na cidade de Divinópolis e quatro em Carmo do Cajuru, relacionados a crimes contra o sistema financeiro nacional, especificamente na exploração de casas de câmbio clandestinas, sem autorização do Banco Central. A Polícia Federal chegou até o grupo após uma panfletagem feita pelos próprios envolvidos, anunciando a casa de câmbio clandestina. Foram aproximadamente três meses de investigação, o que levou os policiais a solicitarem à justiça os mandados de busca e apreensão. Durante as buscas nas duas cidades, foram apreendidos vários documentos, moeda nacional e estrangeira (320 libras, 200 dólares e R$4.000,00), máquinas de cartões magnéticos. 


O Delegado da Polícia Federal Fernando Flávio Dias Rodrigues, que estava à frente da operação “Íris”, disse que as investigações apenas começaram: “Nós, inicialmente, apenas recolhemos material para esta primeira fase das investigações. Por enquanto ninguém foi preso, mas a Polícia Federal vai continuar monitorando os envolvidos e outros que por ventura venham a ser descobertos. Também estamos investigando a possibilidade de lavagem de dinheiro, bem como outros crimes que estejam relacionados”, explicou o Dr. Fernando.


A operação foi denominada “Íris” porque um dos locais fiscalizados foi uma loja situada na Galeria Empório Íris, no centro de Divinópolis e em um supermercado e uma residência na cidade de Carmo do Cajuru. Todos os investigados pertencem a mesma família, segundo informou o Delegado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.