quarta-feira, 19 de Outubro de 2011 10:44h Paulo Reis

Polícia Militar Ambiental apreende mais de cem quilos de peixes

O pescado ilegal era vendido em uma caminhonete

A Polícia Ambiental de Pará de Minas foi acionada ontem (18) por meio de denúncias anônimas feitas por moradores do bairro Grão Pará que informaram a venda ilegal de peixes por alguns indivíduos em uma caminhonete.


Os policiais se dirigiram para o local e interceptaram os suspeitos. Na carroceria da pick up havia três caixas de isopor cheias com variadas espécies de peixes, porém os fiscais constataram irregularidades que poderiam comprometer a saúde de quem consumisse o produto.


Os peixes estavam acondicionados de forma errada e em caixas de isopor que aparentemente foram danificadas por ratos. De acordo com os policiais, havia peixes podres misturados aos demais. A temperatura também estava acima da recomendada pela ANVISA para pescados.


A Vigilância Sanitária de Pará de Minas foi comunicada e confirmou todas as irregularidades, inutilizando os quase 113 quilos de peixes no aterro sanitário do municipal. Um boletim de ocorrência com os dados e as fotos foi encaminhado para o Ministério Público Estadual e os comerciantes autuados em flagrante.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.