quarta-feira, 30 de Março de 2016 12:39h ACASP

Polícia Militar e Acasp realizam visitas instrutivas nos bairros Planalto e Santa Luzia

População e comerciantes foram orientados sobre a criminalidade e ações de proteção

O Comandante do tático móvel da Polícia Militar, Capitão Douglas, realizou um balanço na reunião da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública – Acasp do trabalho realizado nos bairros Planalto e Santa Luzia. Foram realizadas visitas nos bairros com o intuito de orientar a população sobre medidas preventivas que podem ser tomadas pela população para reforçar a segurança nos comércios, residências e ruas da cidade. Durante as visitas, foram distribuídos panfletos sobre orientação a comerciantes, motociclistas, como evitar assalto a transeunte e um guia de “Ajude a PM a te ajudar”.

De acordo com o Capitão Douglas, a parceria das forças de segurança pública com a população sempre surte com efeitos positivos e esta aproximação é sempre benéfica para as partes. “Nós conversamos com as pessoas, com os comerciantes e tivemos a oportunidade de falar sobre a criminalidade e, principalmente, o papel da população na prevenção e construção de parcerias de segurança pública. Um exemplo de sucesso deste modelo cooperativo é a Rede de Vizinhos Protegidos. A receptividade foi acima da expectativa e pretendemos fazer mais vezes e expandir para outros bairros”, alertou.

 

 

O presidente da Acasp, José Levi Lucas, esclareceu que a medida é importante, pois a polícia se faz presente no bairro não de forma repressiva, mas sim, preventiva. “Esta medida da Polícia Militar é muito importante porque leva presença, solidariedade, dicas de segurança e transmite a mensagem: somos parceiros e existimos para vocês, cidadãos de bem”, afirmou.

O presidente, que acompanhou todas as visitas, salientou que a população e os comerciantes ficaram muito felizes e foram muitos receptivos para com os militares. Segundo ele, a positividade do projeto já faz com que se pense em expansão para outros bairros.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.