sexta-feira, 18 de Dezembro de 2015 02:42h Atualizado em 18 de Dezembro de 2015 às 02:45h. Pollyanna Martins

Polícia Militar intensifica Operação Natalina

Pagamento do 13º salário deve ser pago até segunda-feira, e com isto, o movimento nas ruas da cidade deve aumentar

A Polícia Militar (PM) vai intensificar a Operação Natalina a partir de hoje. O motivo é o pagamento do 13º salário até a próxima segunda-feira (20) e, consequentemente, o aumento do número de pessoas na rua para fazerem as compras de final de ano. Segundo o Tenente Robson Freitas, desde que a operação foi lançada, no dia 16 de novembro, 44 policiais do administrativo da PM foram empenhados na Operação. “A gente distribui estes 44 policiais em vários horários, na parte da manhã, tarde e noite, esta semana eles foram empregados de forma mais efetiva, mais vezes na rua. A partir da semana que vem, nós estamos com operações previstas também para o horário especial de atendimento do comércio”, explica.
De acordo com o Tenente, as atividades administrativas serão reduzidas para que o foco seja voltado para a Operação Natalina nesta semana. Além da ação, os policiais estão empenhados na procura de criminosos que são conhecidos no meio por furtos nesta época do ano. “A nossa seção de inteligência tem feito abordagens e levantamentos específicos para infratores que são costumeiros de agir nesta época do ano. A gente tem feito essas buscas e um trabalho em conjunto com outros órgãos, com a Polícia Civil na expedição de mandados de busca e apreensão e mandados de prisão para estes infratores”, ressalta.
Outra atividade que é feita durante a operação é a entrega de panfletos à população, explicando como se prevenir dos furtos enquanto as compras de final de ano são feitas. Entre as orientações estão: preferir fazer as compras com cartões de crédito/débito; andar sempre com a bolsa mais próxima ao corpo; evitar andar em locais isolados e não postar em redes sociais que saiu para fazer compras. “É uma dica nova, porque muitas pessoas gostam muito de redes sociais e postam que estão indo fazer as compras de Natal, às vezes falam o local e até o horário que estão fazendo as compras. A pessoa tem que tomar cuidado com o que posta na internet, porque tem gente que está em rede social só para monitorar a vítima e cometer o crime”, frisa.

 

BAIRROS
Outro aliado ao combate de furtos/roubos nesta época do ano é o programa “Olho Vivo”. Prestes a completar um ano, o programa auxilia na identificação dos criminosos, e na prevenção também. Após reclamações dos comerciantes dos bairros, alegando que, com a instalação do programa os crimes migraram para os bairros, o Comandante da 7ª Região, Coronel Laércio Reis, informou que o policiamento nos bairros também será feito. “Estamos fazendo um planejamento, não só dos locais de maior movimentação comercial, como o Centro, que é nosso foco principal, mas estamos fazendo também uma avaliação dos locais de maior reincidência de crimes contra o patrimônio, os furtos e roubos, para que possamos estar presentes nestes locais”, afirma.
 

 

CDL
O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Rogério Aquino, ressaltou que a presença da Polícia Militar (PM) nas ruas da cidade durante este período é importante para dar segurança ao consumidor. “A presença dos policiais militares nas ruas é importante, porque dá uma sensação de segurança para os consumidores fazerem as suas compras de Natal”.

 

Créditos: Pollyanna Martins

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.