quarta-feira, 18 de Maio de 2011 10:35h Atualizado em 18 de Maio de 2011 às 10:45h. Marciel Muniz

Polícia Militar intensifica policiamento com blitz

A operação teve como principal objetivo coibir a circulação de condutores inadimplentes

Militares do Grupo de Trânsito (GT) do 23° BPM em ação conjunta com agentes das Settrans realizaram na manhã de ontem uma blitz na avenida 1° de junho surpreendendo muitos condutores inadimplentes que passam pelo local.



De acordo com a sargento Cléia Faria da Silva responsável pela operação, a blitz teve como principal objetivo coibir a circulação de condutores inadimplentes. A sargento também destacou a importância que a blitz tem para reduzir o nível de infrações no trânsito. “O nível de infrações de trânsito teve um aumento expressivo em Divinópolis, com a realização contínua das blitze entre PM e Settrans, esse aumento pode ser controlado” destacou Cléia.

 

 

A blitz iniciada às 8 horas da manhã teve cerca de 5 horas de duração. De acordo com as informações da PM, o tempo de cada blitz depende do efetivo concentrado em determinado tipo de região. O responsável pelas operações é quem decide sobre o tempo de duração

 

Resultado

 

 

Segundo o coordenador de Fiscalização, Educação e Trânsito da Settrans capitão Gérson Luis de Freitas, entre as infrações identificadas no decorrer da operação as mais comuns são a falta de licenciamento como o IPVA, entre outras taxas de obrigatoriedade do condutor, além da apreensão de condutores dirigindo sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O capitão também destacou que na blitz um condutor cometeu uma infração gravíssima por não reduzir a velocidade do veículo ao comando dos policiais e agentes. O condutor foi autuado e perdeu cinco pontos em sua carteira de habilitação.

 

Durante a realização da blitz foram verificados cerca de 105 veículos, e foram totalizadas dezoito infrações de trânsito distribuídas da seguinte forma :
Três por falta de habilitação, cinco infrações pela ausência do uso de cinto de segurança, duas por conduzir o veículo falando ao telefone celular e as demais se dividem em infrações como excesso de carga no veículo, condutor transitando sem capacete e direção irregular. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.