segunda-feira, 16 de Março de 2015 13:04h

Polícia Militar leva o Programa Educacional de Resistência às Drogas às escolas do sistema Fiemg

Criado em 1998, o Proerd trabalha a cultura da paz e reforça os valores sociais de convivência para alunos das redes pública e particular de Minas Gerais

A Polícia Militar de Minas Gerais e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) lançaram, nesta segunda-feira (16/3), o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) nas unidades do Sesi e Senai do Estado. O convênio terá a duração de dois anos e a meta é alcançar todas as unidades do sistema Fiemg em Belo Horizonte e Região Metropolitana, além de escolas do interior do Estado.

De acordo com a parceria, a Fiemg vai fornecer o material didático e pedagógico, como cartilhas, certificados e cartazes, e a Polícia Militar vai ceder os policiais, que vão orientar os alunos. O convênio prevê o atendimento de mais de 300 mil jovens e adultos, em um esforço cooperativo da Polícia Militar, escolas e famílias para prevenir o uso de drogas e a violência entre estudantes do ensino fundamental e médio.

“Nosso objetivo é promover os valores sociais nas escolas públicas e particulares de Minas Gerais. Queremos contribuir para que os jovens façam boas escolhas, saudáveis, eliminando o consumo de drogas e a violência”, enfatiza o assessor de prevenção às drogas da Polícia Militar, major Hudson Ferraz.

Criado em 1998, já passaram pelo Proerd cerca de 3 milhões de pessoas, entre crianças, adolescentes, jovens e adultos. Considerado o maior programa de combate às drogas do Estado, o Proerd está presente em cerca de 3 mil escolas públicas e particulares de Minas Gerais. Atualmente, são mais de 700 policiais militares treinados atuando em mais de 500 municípios mineiros.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.