sexta-feira, 17 de Agosto de 2012 15:57h Camila Caetano

Polícia Militar localiza moto roubada durante batida policial numa boate de Divinópolis

A partir de uma denúncia anônima a Polícia Militar compareceu na manhã de ontem, 16 de agosto, na Boate Azul, localizada na MG 050, próxima ao Posto de Combustíveis Xavante em Divinópolis, onde oito indivíduos estariam planejando algum crime na cidade. “Então pela quantidade de pessoas que foi denunciada nós montamos uma operação, fomos até o local, fizemos a abordagem, e no local foi constatado uma motocicleta que havia sido tomada de assalto e roubada no domingo, sendo então recuperada. A vítima inclusive esteve no local e reconheceu a motocicleta e uma das pessoas que estavam lá como possivelmente o indivíduo que lhe assaltou”, declara Tenente Oliveira.

 


No total foram abordadas onze pessoas, nas quais a maioria tinha passagem pela Polícia. “Não sei informar se há ligação entre todos eles porque na verdade foram onze pessoas abordadas, os outros apesar de passagens por assalto e outras coisas nós não tínhamos nenhum mandato contra eles, então nós o liberamos”, comenta o Tenente.

 

Deste modo, apenas quatro foram encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil, que de acordo com o Tenente Oliveira, uma era a que estava conduzindo a motocicleta, e a outra por ter sido reconhecido pela vítima. “Esse que foi conduzido que estava de posse da motocicleta já foi preso outra vez por assalto também, mas não conseguimos comprovar a ligação entre elas e os rapazes que estavam lá”, complementa. Além disso, o tenente relata que duas mulheres também foram levadas à Depol por uso e porte de entorpecentes.

 

Sobre o encaminhamento da investigação o Tenente declara que agora tudo fica a par da Polícia Civil, “nós trouxemos até a delegacia, agora o Delegado vai abrir o processo, vai dar a oportunidade para eles fazerem suas defesas, e no final vai ser encaminhado para a justiça, para decidir o que será feito”.

 

O proprietário da motocicleta, Airton Antônio, conta que o assalto ocorreu no dia dos pais, nesse último domingo (12). “Eu estava saindo com um colega meu às 20h30min, na Rio de Janeiro com Mato Grosso, nós estávamos na porta da casa dele, quando um assaltante me parou, me abordou com a arma. Colocou a arma e mandou eu descer da moto, mandou eu correr, senão ele me matava. E pegou e levou a moto”, afirma Airton.

 

O mesmo também conta que o outro indivíduo estava esperando na esquina o término do assalto. Segundo Airton sua motocicleta está em um estado lastimável, “agora achei a moto nua situação crítica depenada, toda pintada, destruída, mas graças a Deus achou”, conclui. 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.