sexta-feira, 9 de Novembro de 2012 04:32h Erik Ulysses

Polícia Militar prende suspeitos de tráfico de drogas em Divinópolis e Itaúna

Na quarta-feira a Polícia Militar prendeu dois suspeitos de tráfico de drogas em Divinópolis e Itaúna. Em Divinópolis a prisão aconteceu no bairro Xavante. De acordo com a PM, após denúncias feitas através do 190, policiais militares se deslocaram até uma boate na BR-494, anel rodoviário Presidente Tancredo Neves, onde as informações indicavam que um homem conhecido como “Cocoti”, teria chegado na boate portando drogas. Ainda segundo a denúncia ele estaria escondendo as drogas no banheiro e debaixo do balcão.

 


Ao chegar no local os militares abordaram C.R.R.M, de 36 anos, e procederam buscas pela boate, tendo sido encontrado dentro do banheiro, através do vazo sanitário, cinco papelotes de substância em pó branca, semelhante à cocaína que estavam embaladas separadamente, prontas para serem comercializadas. Na sequência das buscas foi encontrado debaixo do balcão um invólucro contendo uma substância análoga à cocaína, que se fosse fracionada daria aproximadamente outros cinco papelotes. Com o autor foram encontrados 80 reais em dinheiro e um aparelho celular. Dessa forma, os policiais militares deram voz de prisão ao autor, tendo sido conduzido para a Delegacia, juntamente com o material recolhido.

 


Em Itaúna a prisão ocorreu por volta das dez horas da manhã, quando policiais militares compareceram na Rua G.A.S, bairro Novo Horizonte, para atender uma ocorrência envolvendo uma briga de família. No local, a vítima de 32 anos relatou para os militares que o seu irmão de 16 anos o havia agredido.

 


Os militares tinham conhecimento de que havia várias denúncias de que na casa ocorria tráfico de drogas procedeu buscas residenciais, com a permissão da vítima. Foram localizadas no local uma pistola Imbel, calibre 380, modelo MD1 e cor preta, com capacidade para 11 munições, estando carregada com sete munições intactas, além de uma balança de precisão de marca DIAMOND. De acordo com a vítima a arma pertenceria a C.C.C, de 26 anos, que também é seu irmão.

 


Dando prosseguimento nas buscas foram localizados no telhado da casa seis invólucros contendo 25 pedras de uma substância semelhante ao crack, além de um invólucro contendo material semelhante à cocaína. Foi feita então uma busca pessoal no menor infrator, sendo encontrados com ele 589 reais em dinheiro, além de um aparelho celular SAMSUNG de origem duvidosa. Diante dos fatos foi dada voz de prisão em flagrante delito ao autor C.C.A e de apreensão ao menor infrator. Os dois foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil, juntamente com o material apreendido.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.