segunda-feira, 21 de Março de 2016 13:23h Agência Minas

Polícia Militar Rodoviária dá orientações para quem vai pegar estrada na Semana Santa

Atitudes simples e preventivas garantem a segurança das famílias nas rodovias durante o feriado religioso

A Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRv) reforça o alerta para os motoristas que vão trafegar pelas estradas durante o feriado da Semana Santa. Por conta do grande fluxo de veículos com destino às cidades históricas e de tradição religiosa, os condutores devem ter atenção redobrada às condições do veículo e das principais vias de acesso e saída de Minas Gerais.

De acordo com a PMRv, mesmo com a queda de 21,8% no índice de mortes nas estradas federais e estaduais que cortam o estado, em 2015 (25 mortes) em comparação com 2014 (32 mortes), cuidados simples e preventivos podem garantir a segurança das famílias nas rodovias.

 

 

 

“É sempre bom estar com a revisão do veículo em dia”, aconselha a chefe da Assessoria de Comunicação Organizacional do Batalhão da PMRv, tenente Grazielly Oliveira. Além do grande fluxo de veículos, a possibilidade de chuvas pode surpreender os motoristas.  Desse modo, é importante também “consultar a previsão do tempo e ainda checar a situação atual do trajeto escolhido”, completa a tenente.

A pressa também é responsável por boa parte das infrações e acidentes e do comportamento imprudente dos motoristas. Por isso, uma das recomendações é a de que se faça um planejamento de horário. “A maior parte dos acidentes é provocada nas ultrapassagens”, conta Grazielly. “As colisões traseiras também engrossam a lista de acidentes”, acrescenta.

 

 

 

Para reforçar ainda mais a segurança, a Polícia Militar Rodoviária Estadual vai fazer parte da operação especial de Semana Santa. A fiscalização tem início a partir da meia-noite de quinta-feira (24/3) e se estende até às 23h59 de domingo (27/3).

 

 

Pontos críticos

De acordo com a tenente Grazielly Oliveira, alguns dos trechos com maior movimento de veículos são conhecidos pelos altos índices de acidentes. O Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, com 27 km de extensão, é um deles, tendo em vista que engloba a união das rodovias BR-262 e BR-381, e segue até a confluência com a BR-040.

A atenção também precisa ser reforçada especialmente nas saídas da capital, onde o fluxo de veículos aumenta de forma considerável. São exemplos as estradas MG-010, MG-424, LMG-808, MG-040, MG-030 e MGC-262, que ligam às cidades históricas, sítios e condomínios fechados.

 

 

 

Rodovias federais

Em relação às rodovias federais, recomenda-se precaução nas rodovias BR-040 e BR-381, que mantêm um calendário de obras e intervenções. Conforme já antecipado pela concessionária que administra a BR-040, a Via-040, no sábado (26/3), das 7h às 18h, estão programados serviços de manutenção e recuperação do pavimento entre Curvelo (Km 400) e Belo Horizonte (Km 543). Haverá, também, estreitamento das pistas (sem interdições) nos sentidos Brasília e Rio de Janeiro.

Ainda no sábado (26/3) das 9h às 16h, a empresa vai realizar pequenos reparos no pavimento da BR-040, entre Belo Horizonte (Km 543) e Nova Lima (Km 550). Na ocasião, haverá estreitamento das pistas (sem interdições) no sentido Brasília. Das 7h às 17h e das 21h às 5h, também entre os dois municípios, estão previstas intervenções entre o Km 570 (Nova Lima) e Km 543 (BH), com estreitamento de pistas, mas sem interdições nos sentidos Brasília e Rio de Janeiro.

Por sua vez, a concessionária Autopista Fernão Dias, que administra a BR-381, alerta aos motoristas quanto à sinalização das obras no Km 588, pista ao norte do município de Carmópolis de Minas, na Região Oeste do estado. As intervenções estarão interrompidas durante o feriado, mas os condutores devem ficar de olho nos desvios e alterações na via.

 

 

 

Cuidados com as crianças

Os motoristas não podem abrir mão dos equipamentos que contribuem para a segurança das crianças. São eles: bebê conforto, para crianças de 0 a 1 ano de idade; cadeirinha, para crianças de 1 a 4 anos de idade; e assento de elevação, para crianças de 4 a 7 anos.

Se o veículo for flagrado sem a cadeirinha, por exemplo, o motorista está sujeito a multa de R$ 191,54, além da perda de 7 pontos na carteira nacional habilitação e retenção do veículo, até que a irregularidade seja resolvida.

 

 

 

Atendimento

Em caso de acidentes em rodovias estaduais, o recomendado é acionar a Polícia Militar Rodoviária pelo telefone 190. Nas rodovias federais, o telefone de emergência da Polícia Rodoviária Federal é o 191.

Além disso, as concessionárias disponibilizam serviços de atendimento médico, socorro mecânico e combate a incêndios.  Via 040 – 0800 040 0040 / Autopista Fernão Dias – 0800 2830 381.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.