segunda-feira, 16 de Junho de 2014 08:17h

Polícia usa gás lacrimogêneo para impedir que protesto chegue ao Maracanã

Manifestantes que realizam um protesto contra a Copa nas proximidades do Maracanã foram impedidos de chegar ao estádio pela polícia.

Quando o grupo chegou a cerca de 500 metros da entrada da arena, o Batalhão de Choque utilizou bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral para dispersar a manifestação.

Antes, o protesto seguia pela Avenida Maracanã e foi desviado para uma rua lateral, após as primeiras bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral lançadas pela polícia. Com a nova aproximação, os policiais reagiram novamente.

Às 19h, Argentina e Bósnia se enfrentam no Maracanã pelo Grupo F.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.