segunda-feira, 13 de Agosto de 2012 14:20h Gazeta do Oeste

Policiais federais em greve fazem novo protesto em São Paulo

 Um grupo de policiais federais fez na manhã desta segunda-feira um novo protesto na frente da sede da PF, na região da Lapa, na zona oeste de São Paulo. A categoria está em greve desde a semana passada. Desde então, a emissão de passaportes está afetada e vários aeroportos do país tiveram operação-padrão. 

 

 No ato desta segunda, os policiais se concentraram na escadaria da sede da Superintendência da PF e ficaram de costas para o prédio. Os policiais ainda planejam uma doação de sangue coletiva amanhã de manhã.

 

 

Para a próxima quinta-feira (16) há planos de que haja uma nova operação-padrão no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (na Grande São Paulo). Com isso, a fiscalização será reforçada e pode haver filas e atrasos. 

 

 Outros Estados também realizam protestos de acordo com o cronograma de cada sindicato. Ontem, houve protesto no aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, com distribuição de pizzas aos usuários que estavam no local.

 

 

A PF entrou em greve na última terça-feira (7). Já na sexta, houve uma nova votação da categoria, que decidiu pela continuidade da paralisação até ao menos a próxima quinta-feira (16) --quando será feita nova votação.

 

Segundo a Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), os profissionais estão sem aumento desde 2005 e o salário inicial, de R$ 7.200, está defasado. Os profissionais reivindicam um aumento, em cinco anos, chegando até R$ 13 mil, equiparando com outras carreiras, como de auditores da Receita ou agentes da Abin. 

 

 

 

 

 

 

 

FOLHA

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.