sábado, 19 de Julho de 2014 06:45h Atualizado em 19 de Julho de 2014 às 06:54h. Aaron Oliveira

Policial à paisana atira e mata assaltante

Dois homens roubaram joalheria, tentaram fugir, mas um policial federal que passava pelo local matou um deles. O outro foi preso em seguida

Na tarde de ontem dois homens praticaram um roubo em uma joalheria na Avenida 1º de Junho, esquina com Rio de Janeiro no Centro da cidade. Os dois roubaram cerca de R$ 5 mil e fugiram. O dono da loja perseguiu os assaltantes até próximo à esquina com 1º de junho e tentou derrubar um deles da moto usada para fuga.
Um policial federal que passava pela rua e viu toda a ação reagiu e atirou contra um dos suspeitos, que morreu. “[Ele] deu a ordem para eles pararem, contudo, um dos indivíduos, que estava armado, apontou para o policial. Este, por sua vez, efetuou aparentemente disparos duas vezes tentando defender a própria vida”, contou o tenente, Alves, da Polícia Militar.
Um dos disparos acertou o rosto do homem, próximo ao olho, e ele morreu na hora. O outro tiro atingiu a parede de um hotel. O segundo suspeito foi contido por populares até a chegada da polícia, que o prendeu em seguida. O policial que atirou e matou o assaltante foi aplaudido pelas pessoas que presenciaram a ação.
A perícia chegou ao local dando início aos trabalhos de investigação. A princípio, a ação do policial foi em exercício legal da função e em legítima defesa, mas a Polícia vai analisar os depoimentos e apurar as informações para só depois se pronunciar sobre o caso e as devidas providências a serem tomadas.
O homem morto foi identificado pela Polícia como Gleiber de Souza Rocha, de 30 anos. De acordo com a PM, ele tem passagem por furtos e roubos, tendo sido reconhecido como o autor do roubo à loja de perucas na Rua Pernambuco, esta semana.

 

 

 

 

Crédito: Aaron Oliveira

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.