terça-feira, 10 de Junho de 2014 05:09h

Prefeito de Perdigão é preso por embriaguez e desacato

Constantinos Dimitrius ou Tininho como é popularmente conhecido, prefeito da cidade vizinha de Perdigão, foi preso na noite desta sexta-feira por desacato, ameaças a policiais e por dirigir alcoolizado.

A polícia Militar realizava uma blitz de trânsito na rodovia MG-252 e abordou um fusca 1969, pedindo ao condutor que apresentasse os documentos obrigatórios. Até o momento os militares não sabiam que se tratava do prefeito da cidade de Perdigão. Nesse momento Tininho sacou um cartão da prefeitura municipal dizendo “eu sou o prefeito de Perdigão” e se negando a apresentar a CNH e os documentos do veículo. Os policiais perceberam que Tininho apresentava sinais de embriaguez, sonolência, andar cambaleante e olhos avermelhados.
Informado pelos policiais que seria detido e teria seu veículo apreendido o prefeito passou a ameaçar o policial que realizava a ocorrência indagando “Você é apenas soldado?” e dizendo “Você caiu na minha rede, eu vou desmoralizar você.”
Os policiais, para se resguardarem das ameaças, filmaram a ação e indagaram ao prefeito se ele realmente estaria ameaçando os policiais e este respondeu “sim, estou te ameaçando.”
O prefeito se negou a fazer o teste do bafômetro, mas foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Nova Serrana e teve seu veículo e CNH apreendidos.
Durante a ação os militares pegaram para testemunha Alfredo Azevedo, que também tentou coibir a ação dos policiais dizendo que Constantinos “conhecia muita gente em Brasília, e que era amigo de gente grande”. O prefeito foi conduzido à delegacia e após pagar fiança foi liberado.

 

 

Crédito: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.