quarta-feira, 23 de Abril de 2014 05:35h

Presos ameaçam fazer greve de fome após morte de detento em Nova Serrana

A causa e as circunstâncias da morte são investigadas. Os detentos alegam negligência por parte dos agentes penitenciários.

Um jovem de 25 anos que estava preso no presídio de Nova Serrana morreu na madrugada de domingo. A causa da morte e as circunstâncias estão sendo investigadas. Os colegas de cela alegam negligência por parte dos agentes penitenciários.
De acordo com relato dos detentos, Maicon Naiti Gontijo Moraes (conhecido como Maicon Brow), começou a passar mal por volta das 3h30 da madrugada de domingo. Os agentes penitenciários foram chamados para socorrê-lo e, ao chegarem à cela, alegaram não se tratar de nada grave.
Uma hora depois, Maicon apresentou piora e mais uma vez os detentos chamaram os agentes penitenciários. Os detentos alegam que, ao invés do socorro imediato, primeiro os agentes algemaram os demais presos um a um e posteriormente acionaram a Polícia Militar para dar suporte, o que demorou cerca de 40 minutos. Somente após esse tempo Maicon foi socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
Ao dar entrada na unidade de saúde, o médico plantonista constatou que o detento já estava morto. A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada, porém não compareceu alegando idoneidade, ou seja: local não confiável. Após os procedimentos na UPA, o corpo de Maicon foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Bom Despacho onde passou por necropsia para constatar a causa da morte, o laudo deve sair em aproximadamente 30 dias.

Denúncias
Ainda de acordo com os detentos, sempre existe muita demora no atendimento. Quando se sentem mal, é dado qualquer remédio, como dipirona e paracetamol, ao invés de serem encaminhados ao médico. Os detentos alegaram também que são maltratados quando se manifestam sobre algo e que por várias vezes já receberam comida azeda. Os presos ameaçaram fazer greve de fome para conseguir a solução dos problemas.

Seds
Em nota, a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que “na madrugada do último domingo (20/04), por volta das 4h20, os agentes penitenciários do Presídio de Nova Serrana foram chamados para socorrer o detento, Maicon Naiti Gontijo Moraes, de 26 anos, que estava desacordado na cela. Às 4h59 o detento já estava na Unidade de Pronto Atendimento, onde faleceu. A causa do óbito ainda é desconhecida e será preciso aguardar o laudo médico para esclarecimento. A unidade acionou a Polícia Militar para registrar a ocorrência. Maicon Naiti Gontijo Moraes estava preso no Presídio de Nova Serrada desde 25 de junho de 2013 por homicídio.”

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.