sexta-feira, 22 de Agosto de 2014 05:40h Atualizado em 22 de Agosto de 2014 às 05:45h. Aaron Oliveira

Proerd forma mais 2300 alunos

O programa realizado pela Polícia Militar instrui crianças a não se envolverem com drogas

O poliesportivo de Divinópolis ficou lotado ontem para a formatura de 2.333 alunos, de 40 escolas na cidade, no Programa Educacional de Resistência as Drogas (Proerd). A cerimônia teve a presença da banda da Polícia Militar (PM), apresentação dos cães do canil, representantes da Prefeitura e convidados.
Na solenidade, as crianças receberam seus diplomas do Proerd, programa realizado pela PM desde 2000 em parceria com escolas municipais, particulares e estaduais. Os policiais trabalharam durante seis meses com dez aulas, indo às escolas uma vez por semana para ensinar as crianças a dizer “não” às drogas.
O cabo da Polícia Militar, Marcos Siqueira Tavares, formou uma turma e classifica como maravilhoso ensinar às crianças maneiras de evitar entorpecentes, e de se comportar quando alguém lhe oferecer drogas ou ser exposta a alguma situação de risco. “É um vinculo maravilho que é criado, as crianças nos vêem como exemplos e a gente passa o melhor possível para elas levarem na vida delas.”
Foram dois os períodos de formatura das crianças e adolescentes, com uma turma pela manhã e outra à tarde. Cada aluno teve de fazer uma redação sobre o Proerd e as melhores de cada escola seriam escolhidas para ganhar um presente e representar a instituição. Ana Lidia Barbosa Paixão, de dez anos, estuda na Escola Estadual Riberri Galvão e foi uma das ganhadoras.
Para ela o Proerd ajuda muito as crianças e que o programa vai marcar sua vida para sempre por ter se destacado na redação. “Eu gostei de tudo, por que você fazendo o Proerd, você aprende mais coisas além de dizer não as drogas”, conta.
O tenente coronel do 23º batalhão, Marcelo Carlos, destaca que o programa de prevenção às drogas realizado pela PM, juntamente com a comunidade, já atendeu mais de 40 mil crianças em Divinópolis. Isso sem mencionar a aproximação da polícia com a população, buscando formar pessoas melhores para o futuro. “Através da educação, através da formação dessas crianças, levando a elas a cidadania, o respeito às normas e aprendendo a dizer não às drogas. Com isso estamos fortalecendo o futuro de uma geração de pessoas que vão cuidar de nossa sociedade.”
 

 

Créditos: Aaron Oliveira

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.