sexta-feira, 24 de Agosto de 2012 14:14h Camila Caetano

Proposta de delegados federais é recusada e demais categorias continuam sem negociações

Completam hoje 18 dias que os agentes federais de Divinópolis estão em greve, aumentando assim o número de viagens canceladas, devido à falta de emissões de passaportes, além de problemas com fiscalizações. E assim segue, com o funcionamento em todo o Brasil de apenas 80% do efetivo da Polícia Federal. Sem muitas negociações continuam as reivindicações que objetivam principalmente o reconhecimento da carreira e os reajustes salariais.

 


Aconteceu ontem, 23 de agosto às 08h uma reunião em Brasília junto ao ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, para que novas posições sobre a greve fossem tomadas. A equipe de reportagem da Gazeta do Oeste procurou mais informações com a Polícia Federal de Divinópolis, contudo, a princípio não houve nenhuma decisão.

 


A categoria de delegados também tenta fazer um acordo com o Governo, aspirando aumento de 30% para reposição de perdas inflacionárias. Apesar do reajuste oferecido nessa quinta-feira (23) não ter sido o esperado, de apenas 15,8% os delegados ainda não irão aderir à greve, apenas farão a apresentação de uma contraproposta. A expectativa é de que um ocorra um novo na próxima segunda-feira, 27 de agosto.  

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.