quarta-feira, 2 de Outubro de 2013 06:07h Atualizado em 2 de Outubro de 2013 às 06:23h. Luiz Felipe Enes

Quadrilha do Sul de Minas é presa em Divinópolis

Testemunhas e denúncias anônimas auxiliaram a Polícia Civil a localizar a quadrilha responsável por assaltar várias residências na cidade de Bom Sucesso

A Polícia Civil do 6° departamento em parceria com a Polícia Civil de Divinópolis, realizou na manhã de ontem (1), uma operação que culminou na prisão de quatro pessoas envolvidas em furtos no sul de Minas. Alguns equipamentos foram apreendidos e o grupo já vinha a algum tempo, sendo monitorado.
Em um primeiro momento, a Polícia Civil de Bom Sucesso, no sul de Minas, iniciou uma séria de investigações acerca de um grupo responsável por cometer furtos no distrito de Macaia, que pertence à cidade. Alguns dos suspeitos, que são de Divinópolis, estiveram na localidade várias vezes, fotografando algumas residências. Um mistério surgia desde então. Alguns dias depois da presença dos supostos criminosos no distrito de Bom Sucesso, algumas casa apareciam com sinais de arrombamento invasão e objetos furtados.
Os Civis de Bom Sucesso e Divinópolis uniram-se e resolveram aprofundar nas investigações para saber se os roubos na ocorridos na região, possuíam ligamento com o grupo de pessoas que passavam pelo local, tirando foto das casas. Há 15 dias atrás, uma operação de busca e apreensão foi feita em Divinópolis. Duas pessoas foram presas, e uma delas, confessou à polícia que um grupo era responsável por cometer os furtos na cidade e também mencionou que a quadrilha tinha participado de um furto a residência do cantor Gino, da dupla sertaneja Gino e Geno, em agosto deste ano.
Na operação que começou bem cedo, quatro mandados de prisão foram expedidos contra os principais suspeitos, que foram encontrados em uma casa no bairro Sagrada Família, em Divinópolis. A operação envolveu seis viaturas e aproximadamente 20 policiais Civis. Na casa, quatro pessoas foram presas. Três delas, já possuíam passagem pela polícia. Uma carretinha e uma moto aquática foram apreendidas. A carretinha por não estar devidamente licenciada e com chassi adulterado. Os suspeitos não conseguiram comprovar a origem da moto, que também estava sem documentação devida.
Todos os quatro presos foram levados para a Delegacia de Polícia de Divinópolis, onde foram autuados. De acordo com o delegado responsável pelo caso, a ação só teve êxito após a ajuda de moradores de ambas as cidades, que denunciaram toda a movimentação ilícita dos suspeitos. “Após investigações e o reconhecimento dos envolvidos por meio de testemunhas, conseguimos desempenhar essa operação de busca e apreensão aqui em Divinópolis. Os suspeitos já foram vistos diversas vezes nas proximidades de Bom Sucesso e agora desmantelamos o grupo”, assegura o delegado de Polícia Civil da Comarca de Bom Sucesso, Edgar Polo Sardinha.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.