terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015 11:33h Atualizado em 24 de Fevereiro de 2015 às 12:53h.

Quatro são presos e 18 menores apreendidos em “batidão”

A Delegacia de Polícia de Divinópolis ficou lotada no início da manhã de sábado

Após denúncias, a Polícia Militar chegou até um “batidão” que estava sendo realizado na zona rural de Carmo do Cajuru. Armas foram apreendidas e menores foram flagrados fazendo uso de bebidas alcoólicas.
As denúncias que chegaram à Polícia Militar (PM) eram que várias pessoas, incluindo adolescentes, estavam em uma festa em um sítio fazendo uso de bebida alcoólica e portando armas de fogo, além de efetuar disparos.
De acordo com a PM, foi feito cerco ao local e, ao notar os policiais, Jhonatan Henrique Clemente, de 22 anos, tentou fugir pelos fundos do sítio, jogando um objeto no chão. O suspeito foi contido e preso, e o objeto era uma pistola semi-automática calibre 380.
Durante buscas no carro, de propriedade do organizador do evento, Yuri Vinícius Alves Silva, de 23 anos, os policiais encontraram, debaixo do tapete do lado do condutor, um revólver calibre 38, com três munições intactas. Na casa dele, na Vila Cruzeiro, em Divinópolis, os policiais encontraram duas outras munições calibre 38.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, durante a ação, um Hyundai I30 entrou no sítio, sendo dada ordem de parada, mas o condutor, Jefferson Éder de Assis, de 26 anos, desceu do veículo e tentou fugir por um matagal. Logo em seguida ele foi alcançado e preso. Com ele, os policiais encontraram uma pistola semi-automática calibre 765.
No sítio os policiais ainda encontraram um carro com o volume do som bastante alto, em desacordo com a legislação de trânsito e lei ambiental, importunando o sossego da vizinhança. O dono do carro, Paulo Henrique Monteiro Salgado, de 24 anos, também foi preso.
Ainda de acordo com a PM, no sítio havia 18 adolescentes que consumiam bebidas alcoólicas e estavam expostos a vários crimes, inclusive disparos de arma fogo e também possivelmente uso de drogas. No local, os policiais ainda abordaram uma caminhonete, cujo proprietário fugiu e não foi localizado. Dentro da caminhonete, os policiais encontraram R$ 620 em dinheiro.
Todos foram levados para a delegacia. Os adultos foram encaminhados para o presídio Floramar e poderão responder por porte ilegal de arma de fogo, desobediência e corrupção de menores. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos são conhecidos no meio policial pela prática de diversos crimes, como tráfico de drogas, porte ilegal de arma e roubos a mão armada. Os adolescentes foram liberados para os pais.

 

Crédito: Divulgação PM

 

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.