segunda-feira, 23 de Novembro de 2015 10:15h Atualizado em 23 de Novembro de 2015 às 10:25h. Agência Minas

Queda da maioria dos crimes violentos se mantém em Minas Gerais

Dados estatísticos confirmam forte redução do número de registros de homicídios no município de Belo Horizonte

No período de janeiro a outubro de 2015, sete dos noves crimes classificados como violentos tiveram redução no estado em relação a igual período do ano passado. Os registros de homicídio consumado caíram 4,43%, de 3.476 para 3.322; de homicídio tentado, 12,79%, de 4.809 para 4.194; de estupro consumado, 6,23%, de 1.203 para 1.128; de estupro tentado, 12,35%, de 61 para 48; de estupro de vulnerável consumado, 4,25%, de 2.071 para 1.983; de extorsão mediante sequestro, 32,32%, de 99 para 67; de sequestro e cárcere privado, 16,72%, de 317 para 264.

Na mesma base de comparação, houve aumento de 20,58% nos registros de roubo consumado em Minas Gerais, de 76.968 para 92.808 casos. Já as ocorrências de estupro de vulnerável tentado tiveram alta discreta, de 0,98%, passando de 204 para 206.Em relação às demais naturezas de crimes em Minas Gerais, no período de janeiro a outubro de 2015, houve queda de 8,92% nos casos consumados de lesão corporal, de 62.722 para 57.125 registros.  Já o crime de extorsão consumado teve redução de 28,74%, de 2.373 para 1.691 casos. O número de furtos consumados ficou praticamente estável, com leve alta de 0,52%, com 256.278 registros no estado, contra 257.606 no período de janeiro a outubro de 2014.

 

Belo Horizonte

A forte redução do número de registros de homicídios no município de Belo Horizonte se mantém. De janeiro a outubro de 2015, foram 495 ocorrências, frente a 640 no mesmo período do ano passado, com queda de 22,66%. Os casos de homicídio tentado também declinaram, à taxa de 12,79%, de 4.809 para 4.194.

A capital também acumulou diminuição nos registros de estupro de vulnerável consumado (-17,42%), de 264 para 218; de extorsão mediante sequestro (-50,91%), de 55 para 27 casos; e de estupro tentado (-21,31%), de 61 para 48. Houve estabilidade nas ocorrências de estupro de vulnerável tentado, 22 a 22; e de sequestro e cárcere privado, 55 a 55.

No período, os roubos consumados tiveram alta acumulada na cidade de 19,50%, com 34.436 registros contra os 28.816 de janeiro a outubro de 2014. Houve elevação também nas ocorrências de estupro consumado, de 4,04%, de 198 para 206 casos.

Entre as demais naturezas, o crime consumado de lesão corporal teve queda de 8,05% em Belo Horizonte, variando de 4.569 para 4.201 casos; o furto consumado apresentou redução de 1,43%, de 52.615 para 51.861 registros, ao passo que extorsão consumada cresceu 2,41%, de 663 para 679 ocorrências.

 

Outubro

No mês de outubro de 2015, o número de homicídios consumados subiu em Minas (13,98%) e em Belo Horizonte (8,16%), em relação a igual mês de 2014. Já os homicídios tentados caíram no estado (5,02%) e aumentaram na capital (23,64%).

Também em outubro, os casos de estupro de vulnerável consumado tiveram quedas expressivas tanto no estado, quanto em Belo Horizonte: 15,42% e 38,46%, respectivamente. Na modalidade tentada de estupro de vulnerável, houve queda de 43,33% em Minas e estabilidade na capital. Os estupros consumados caíram em Minas e em Belo Horizonte: 12,59% e 29,63%, respectivamente, ao passo que os  estupros tentados caíram em ambos: 8,11% e 40%.

Os registros de roubo consumado cresceram em outubro de 2015. A alta foi de 24,27% no estado e de 29,03% em Belo Horizonte. Movimento inverso foi observado nas ocorrências de extorsão mediante sequestro: quedas de 16,67% em Minas e de 75% na capital.

Entre os tipos não enquadrados na classificação de crimes violentos, a lesão corporal consumada teve redução de 2,27% em Minas Gerais e de 6.04% em Belo Horizonte no mês de outubro. Os casos de furto consumado cresceram nas duas áreas de abrangência: 2,72% e 6,55%. Já as ocorrências de extorsão consumada caíram 45,45% no estado e 4,76% na capital, também considerando apenas o mês de outubro.

Os números de crimes violentos e dos crimes consumados de lesão corporal, furto e extorsão para cada um dos 853 municípios de Minas Gerais estão disponíveis no site oficial da Secretaria de Estado de Defesa Social: www.seds.mg.gov.br. Para ter acesso, basta clicar no banner ‘Estatísticas de Criminalidade’, rotativo no alto da primeira página, ou fazer o percurso ‘Integração-Estatísticas-Estatísticas criminais’.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.