sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012 03:59h Atualizado em 28 de Dezembro de 2012 às 04:03h. Erik Ullysses

Queda de monomotor deixa duas pessoas mortas

Acidente ocorreu na noite de quarta-feira na área urbana de Pará de Minas

Na noite de quarta-feira um monomotor caiu em uma área de pastagem na cidade de Pará de Minas e deixou duas pessoas mortas. O piloto da aeronave, Diogo Dunmer Santos Pereira, de 22 anos, natural de Belo Horizonte, e o tripulante Armando Coura Gomes Júnior, de 32 anos, da cidade de Ipatinga foram as vítimas fatais.
A queda ocorreu na zona urbana da cidade entre os bairros Padre Libério e Santos Dumont. De acordo com o Corpo de bombeiros logo após a queda o monomotor se incendiou. O piloto do avião foi parcialmente carbonizado, o que levou ao óbito no próprio local do acidente. Somente depois a família pode reconhecer a vítima. Já a outra vítima que estava no monomotor, Armando Coura, chegou a ser retirado dos destroços por terceiros e socorrido por uma unidade de resgate dos Bombeiros, com queimaduras de 2° e 3° graus nas costas e pernas, além de um traumatismo craniano e várias fraturas pelo corpo. Ele foi levado para o Hospital Nossa Senhora da Conceição e posteriormente transferido para o João XXIII em Belo Horizonte, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada.
O monomotor modelo P28A, com prefixo PR-NAX, teria saído do Aero Club Nat Aviation, de Belo Horizonte. Quando foi por volta das 18h30 aconteceu a queda em Pará de Minas. Com o incêndio o Corpo de Bombeiros precisou conter o fogo primeiramente para depois procederem o regate. Apesar de as causas da queda ainda estarem sendo investigadas, a suspeita é que o mau tempo, com chuva e rajadas de vento, pode ter contribuído para a fatalidade. Armando coura era instrutor de vôo de Diego Dunmer, que pilotava o avião. Os dois residiam em Belo Horizonte.
As investigações sobre o que provocou a queda do monomotor estão sendo feitas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). Após a queda a Polícia Militar isolou o local até a chegada dos peritos do CENIPA. Este foi o terceiro monomotor que caiu em Minas Gerais em menos de um mês. No dia 10 uma aeronave caiu na cidade de Oliveira. Já no dia 22, duas pessoas morreram em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, após a queda de um monomotor.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.