sábado, 18 de Junho de 2011 13:11h Venilton Ferreira

Rede de Vizinhos Protegidos investe na segurança pública com ações simples

Uma das formas que os moradores do Bairro Manoel Valinhas encontraram para ajudar na prevenção da segurança dos moradores foi a limpeza das ruas e um investimento na iluminação pública. Eles chegaram à conclusão que eles deveriam se unir e tomar algumas medidas de segurança. Como a desordem social é um fator preponderante para o avanço da criminalidade os moradores decidiram não deixar lixo acumulado nas lixeiras, para não atrair insetos e cães vadios e nem andarilhos, à procura de objetos e alimentos. As ruas são varridas periodicamente, na frente das casas, e as caixas de correio não devem acumular cartas. Trata-se de medidas simples que convergem para a organização.

 

 

Na Rua Bom Pastor, Bairro Manoel Valinhas em Divinópolis/MG, com o intuito de melhorar a visualização da via que possui muitas árvores e iluminação artificial insuficiente, membros da Rede de Vizinhos Protegidos fizeram a caiação, pintura com cal dos troncos das árvores e meio-fios, além de instalação de luzes em frente às residências, já que a iluminação pública deixa a desejar, inclusive algumas com instalação de sensores de presença.

 

São ações simples que tem como objetivo tornar as ruas mais limpas e seguras. Como rege a "teoria das janelas quebradas", desordem gera desordem. Fica aqui o incentivo para que outras redes tomem a mesma atitude e tornem o lugar onde se mora ou se trabalha mais bonito de se ver, além de mais agradável para se viver.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.