quarta-feira, 19 de Março de 2014 05:56h Atualizado em 19 de Março de 2014 às 06:08h.

Ronda

Drogas no matagal
Militares da Guarnição Tático Móvel da 50ª Companhia de policiamento, durante a realização de um patrulhamento no bairro Ana Rosa em Bom Despacho, visualizaram um indivíduo em atitude suspeita e que, ao perceber a presença da viatura, evadiu rumo a um matagal. Durante rastreamento e em conjunto com demais guarnições policiais, os militares lograram êxito em abordar o referido indivíduo (menor) e ao ser procedida a busca pessoal foi localizado no bolso da bermuda do autor três lascas de maconha. Durante conversa com o menor infrator, este confessou que o restante da droga se encontrava no interior do matagal. No local foi localizado, debaixo de uma moita de capim, um tablete de maconha envolto em sacolas plásticas. O menor infrator e a droga foram apreendidos e entregues a Autoridade de Polícia Civil.

 

 

Denúncia anônima
Em Igaratinga, policiais militares apreenderam nove buchas de maconha, uma espingarda de pressão, uma bomba de fabricação caseira, uma faca usada para o corte de drogas, além de uma quantia em dinheiro relacionada aos entorpecentes. Um jovem de 21 anos foi preso.
Os militares receberam denúncias anônimas de que na casa do suspeito, na Praça Anselmo Ferreira, Centro de Igaratinga, estava ocorrendo tráfico de drogas, bem como disparos de arma de fogo. A PM se deslocou rapidamente para o endereço, onde foi feita a abordagem.
Durante buscas na residência, os militares encontraram a droga e os demais objetos apreendidos. O suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pará de Minas.

 

 

Exame descarta violência sexual
Um bebê de sete meses poderia ter sofrido violência sexual e morrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Nova Serrana. As suspeitas foram levantadas pelos médicos da unidade, mas foi descartada pela autópsia.
A PM foi chamada até a unidade médica pelo médico e enfermeira que atenderam a criança e denunciaram a suspeita do abuso. Chegou a ser levantado a hipótese de que a violência teria sido praticada pelo pai biológico da criança ou pelo namorado da mãe, porém a perícia técnica descartou qualquer tipo de violência sexual, apontando que os ferimentos foram causados em decorrência de uma diarréia que já durava cinco dias.
A mãe da criança afirmou ter ficado despreocupada com as acusações desde o momento em que a hipótese foi levantada, por conhecer bem os dois suspeitos e ter a certeza de que eles jamais fariam algo desse tipo.
A mãe que está grávida de sete meses descartou ainda negligência médica por parte dos médicos que atenderam a criança ou mau atendimento na unidade médica, “foi uma fatalidade”, afirma.

 

Preso após sofrer acidente
Um jovem de 18 anos foi preso após se envolver em um acidente de trânsito no bairro São Judas Tadeu. O jovem bateu a motocicleta que conduzia contra um carro e ao atender a ocorrência, militares receberam denúncia de que o jovem estaria com drogas.
Os militares localizaram 51 pedras de Crack com o condutor da moto. Devido ao acidente, o jovem sofreu fratura no joelho e permanece internado sob escolta policial, sendo lhe dada voz de prisão em flagrante em virtude do tráfico. A motocicleta foi apreendida e removida ao pátio do socorro. A droga foi entregue na Delegacia de Polícia Civil.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.