sábado, 29 de Março de 2014 06:31h Atualizado em 29 de Março de 2014 às 06:54h. Luiz Felipe Enes

Ronda

50 anos do Colégio Tiradentes
O Colégio Tiradentes da PMMG comemorou seu cinquentenário em grande estilo na noite desta quinta-feira (27) com uma grandiosa solenidade nas dependências do 7º Batalhão de Polícia Militar.
O Colégio Tiradentes de Bom Despacho nasceu em 1964, pelas mãos do então Comandante Geral, Coronel José Geraldo de Oliveira, que criou o Ginásio Tiradentes anexo ao 7º Batalhão, tendo como seu primeiro diretor, Dr. Manoel Alves Pereira. O Colégio Tiradentes possui vinte e seis turmas do 1º ano do ensino fundamental à 3ª série do Ensino Médio.
Homenagens com entrega de certificado de reconhecimento foram feitas aos ex-diretores e diretoras administrativa e pedagógica, contando com participações importantes de oficiais e civis. Ao final do evento a banda de música do 7º batalhão entoou os parabéns e um show pirotécnico abrilhantou aquele momento significativo diante da presença aproximada de 1.200 pessoas.

 

 

Motociclista fica ferido e garupa morre em acidente
O acidente aconteceu na BR-352 no bairro Santos Dumont em Pará de Minas. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o motociclista Francisco Carlos Pedro Silva de 39 anos e o garupa, Caio César Inocêncio de 25 anos estavam parados no acostamento quando foram atropelados por um caminhão.
Para os militares, o caminhoneiro disse que um carro, que vinha no sentido contrário, estava com farol alto o que comprometeu a visão dele. As vítimas foram arremessadas por cerca de três metros e socorridas pela unidade de resgate do Corpo de Bombeiros ao Hospital Nossa Senhora da Conceição em Pará de Minas.
Caio César não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O motociclista segue internado em estado grave.

 

 

 

Bando espanca adolescente
Vários indivíduos invadiram uma residência na rua Alessandro Traugott Binder de Morais, no bairro Prefeito Walter Martins Ferreira em Pará de Minas, e agrediram um adolescente, de 16 anos, com socos e pauladas.
Após o espancamento, os suspeitos fugiram e não foram localizados. O Corpo de Bombeiros foi chamado e conduziu o menor ao Pronto Atendimento. Ele sofreu diversos ferimentos na cabeça e em todo o corpo. A motivação e autoria do fato ainda são desconhecidas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.