terça-feira, 15 de Abril de 2014 06:37h

Ronda

Homens atiram em carro e motorista é baleado.

Na noite de domingo, um jovem de 25 anos foi baleado enquanto dirigia pelas ruas do Centro de Lagoa da Prata. De acordo com a Polícia Militar, a vítima relatou que trafegava com seu veículo pelas ruas da cidade quando notou que estava sendo seguido. Ao virar em uma rua uma motocicleta CB 300, cor preta, ocupada por duas pessoas, emparelhou com seu automóvel e o carona passou a efetuar disparos em sua direção. No momento dos disparos, a vítima contou que se abaixou e acelerou o veículo, vindo a bater em uma árvore. Em seguida, os autores deslocaram-se novamente até o veículo, efetuaram mais um disparo e evadiram. O disparo acertou as costas da vítima.
A vítima disse que reconheceu o atirador como sendo D.P.A. e que o condutor seria um indivíduo conhecido por "Duzinho". Foi realizado rastreamento, mas os suspeitos não foram localizados.

 

 

Jovem é encontrado morto em canavial
A situação em Lagoa da Prata está crítica e o fim de semana foi bem violento na cidade. Na manhã de sábado, após receber denúncia anônima, militares compareceram às margens da MG-170, em um canavial, onde localizaram o corpo de U.C.S., de 27 anos. O corpo apresentava três perfurações de projéteis de arma de fogo, sendo duas nas costas e uma na cabeça, próximo ao ouvido.
Durante o registro da ocorrência, os militares foram procurados por uma prima da vítima contando a eles que, dias antes, U.C.S. chegou em casa com ferimentos na cabeça, alegando que havia sido agredido por quatro rapazes. Disse ainda que a agressão foi devida a uma dívida de drogas.

 

 

Homem é agredido com golpes de facão
O fato aconteceu em Martinho Campos. Testemunhas contaram à Polícia Militar que um homem de 36 anos, e um adolescente de 14 anos, foram até a casa de I.G.S., de 43 anos e, alguns minutos depois, avistaram a vítima pedindo socorro, gritando que os suspeitos teriam lhe agredido com golpes de facão.
Os militares localizaram os dois suspeitos que negaram serem os autores. A vítima, ainda no hospital, reconheceu os suspeitos como sendo seus agressores, porém não soube informar o motivo do ato. Diante dos fatos, o autor recebeu voz de prisão em flagrante delito pelo crime de homicídio tentado. O menor recebeu voz de apreensão pelo mesmo crime.
A vítima recebeu mais de 60 pontos pelo corpo e ficou internada para observação.

 


Mulher encontra munições no meio do mato
Uma mulher de 33 anos contou à Polícia Militar que estava procurando uma erva medicinal em um lote vago, no bairro Alto São Francisco em Martinho Campos, quanto encontrou uma sacola plástica contendo diversas munições. Os militares constataram que se tratava de munições de arma tipo espingarda, provavelmente calibres 28 e 32. Havia também diversas esferas de chumbo provenientes de estojos, totalizando 47 munições intactas e 12 estojos, possivelmente de calibre 32, e 17 munições intactas, provavelmente calibre 28. O material foi apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia.

 


Comerciante quase perde R$13 mil em golpe
A vítima R.S.C., 27 anos, procurou a Polícia Militar relatando que recebeu um telefonema em seu aparelho celular, no qual uma voz feminina lhe disse que ele estava com uma dívida pendente na Anvisa. Caso não a quitasse até segunda-feira, um fiscal iria fechar sua loja e lhe aplicaria uma multa no valor de doze mil reais. A vítima lhe pediu um prazo, mas este foi recusado. Em seguida, a autora pediu-lhe que depositasse certos valores em dinheiro em 10 contas diferentes, totalizando R$13,5 mil.
Após fazer todos os depósitos, o irmão da vítima, ao tomar conhecimento do fato, ligou para a Anvisa, onde lhe informaram que tinham caído em um golpe e que deveriam tentar bloquear o dinheiro nas agências e registrar o Boletim de Ocorrência. Os cinco últimos depósitos foram bloqueados, mesmo assim, a vítima teve prejuízo de quase R$5 mil.
Os depósitos totalizaram a quantia de R$13.500.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.