terça-feira, 8 de Julho de 2014 09:46h

Ronda

Polícia apreende moto furtada e revólver em festa

Moradores de Ascensão, na zona rural de Pará de Minas, passaram a telefonar para a Polícia Militar reclamando de uma festa com aproximadamente 30 pessoas em uma chácara. A queixa é de que o som estava muito alto e incomodando a vizinhança.
Viaturas foram para o local e os policiais descobriram que parte dos frequentadores da festa possuía envolvimento em crimes na cidade. Os militares avistaram, dentro da chácara, uma motocicleta Honda CG 150, que tem queixa furto em Nova Serrana.
Diante da situação, os policiais decidiram por entrar na chácara e abordaram todos os presentes. Segundo a PM, um jovem de 27 anos jogou no chão um revólver calibre 38 com cinco munições. A arma teria sido entregue a ele por outros dois indivíduos, de 20 e 22 anos.
Uma jovem de 19 anos se apresentou como sendo a responsável pela festa, porém, alegou que não sabia quem chegou à chácara na moto furtada. Os três suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Pará de Minas. De acordo com os policiais, eles possuem passagens por diversos delitos na cidade.

 

 

 

 

 

 

Populares conseguem apagar fogo em apartamento
Bombeiros militares de Pará de Minas foram empenhados em uma ocorrência de incêndio em um apartamento na Rua Pernambuco, Bairro São José. Quando chegaram ao local, populares já haviam apagado o fogo. De acordo com os bombeiros, as chamas podem ter começado por causa de um curto circuito na rede elétrica. Eles fizeram o rescaldo da dispensa da lavanderia, único cômodo atingido, e orientaram os moradores a procurar um eletricista. O fogo atingiu dois colchões e um armário de madeira com revistas, livros e brinquedos. Ninguém ficou ferido.

 

 

 

 

Adolescente sofre tentativa de homicídio
O fato aconteceu em Bom Despacho na noite deste domingo. De acordo com a Polícia Militar, denúncia anônima relatou a respeito de vários disparos de arma de fogo em via pública. Diante das informações, os militares deslocaram-se até o bairro Ana Rosa, onde encontraram várias pessoas no local, as quais apontavam uma bicicleta que estava no meio da rua que seria de um dos envolvidos. A bicicleta foi visualizada anteriormente com um menor de 17 anos, o qual é conhecido no meio policial por envolvimento com o tráfico de drogas.
Os militares deslocaram-se até a residência dele, que alegou que foi vítima dos disparos de arma fogo. A vítima disse aos militares que viu os autores passarem em um Uno prata e que outro menor, de 15 anos, mostrou-o aos comparsas. Então, desembarcaram duas pessoas do veículo e, cada um com uma arma em mãos, começou a atirar na vítima que saiu correndo.
A vítima foi alvejada por um disparo, o qual atingiu apenas o bolso da blusa de frio que ela utilizava no momento. O menor disse que encontrou os autores na Praça da Matriz e que conhece um deles. Foram apontados pela vítima os autores de 19 anos e 17 anos. Diante dos fatos, os autores foram presos ou apreendidos e encaminhados à delegacia

 

 

 

Adolescente acusa ex-namorado de estupro
Uma mulher de 49 anos, juntamente com a filha de 14 anos, procurou a Polícia Militar de Carmo do Cajuru. A mãe relatou que a filha havia sido estuprada por um jovem de 22 anos. Segundo a vítima, o suspeito teria lhe abordado em uma Rua em São José dos Salgados e forçado a entrar no carro, senão a mataria. A vítima acompanhou o suspeito, que a levou para um local ermo e a obrigou a manter relações sexuais com ele.
Após o fato, ele a deixou nas proximidades de sua casa e fugiu para Carmo do Cajuru. Diante dos fatos, os militares seguiram até a residência do autor, onde o encontraram e ele confirmou os fatos, contudo, relatou que a relação ocorreu com o consentimento da vítima.
O autor foi preso e conduzido à delegacia e a vítima foi encaminhada a Clínica Médica onde foi atendida e liberada. O suspeito já foi namorado da menor, mas após a família da menina descobrir que ele era casado, obrigaram-na a terminar o relacionamento.

 

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.