sábado, 19 de Julho de 2014 06:42h

Ronda

Jovem leva tesourada no pescoço

O fato aconteceu no início da tarde desta quinta-feira em Lagoa da Prata. A Polícia Militar foi acionada no Pronto Socorro Municipal onde, segundo os servidores, um jovem de 25 anos deu entrada na unidade com um corte no pescoço próximo à garganta. A vítima relatou que estava dormindo em um barracão conhecido por “Barracão da Darkinha” quando uma mulher, de 19 anos, aproximou-se com uma tesoura. Ele tentou se desvencilhar, porém foi lesionado no pescoço.
A vítima fugiu por uma janela e pediu socorro a terceiros que passavam pelo local. Durante rastreamento, a jovem foi localizada no bairro Sol Nascente e negou ter desferido a tesourada no rapaz.
Mesmo assim, a mulher foi conduzida à delegacia para as demais providências. A vítima não soube relatar os motivos do ocorrido e permaneceu internada aguardando resultados de exames para ser avaliada sua transferência para outra cidade.

 

 

 

 

 

Caseiros são amarrados em roubo na zona rural
Quatro indivíduos chegaram a uma fazenda na zona rural de Bom Despacho. Um deles ficou dentro do carro e os outros três arrombaram a porta da sala do dormitório do caseiro, de 46 anos. O trabalhador foi rendido e um dos assaltantes, de posse de uma arma de fogo, apontou-a em sua direção, enquanto outro amarrou suas mãos para trás com um fio de carregador de celular e roubou a quantia de R$ 10 e um aparelho celular.
Posteriormente os dois bandidos levaram a vítima para a sede da fazenda, furtaram 40 galinhas e arrombaram a porta da sala da sede, rendendo o outro caseiro, de 48 anos, que também foi amarrado com um fio do carregador de celular, sendo roubada a quantia de R$ 22 e um aparelho celular. Os homens obrigaram as vítimas a entrarem no interior do banheiro, sob a mira da arma de fogo, e trancaram a porta. Em seguida, reviraram todos os pertences da fazenda e furtaram a quantia aproximada de R$ 300 em moedas, que encontravam-se em um cofre de cerâmica, e uma makita.
As vítimas conseguiram se soltar e aguardaram a chegada do proprietário da fazenda que solicitou a PM. Ninguém foi preso.

 

 

 

 

Homem tem carro e dinheiro roubados
Um homem de 43 anos acionou a Polícia Militar e relatou que estava parado com o carro, um Fiat Strada, no Centro de Pedra do Indaiá, quando parou ao seu lado um veículo, aparentando ser um Corolla, ocupado por quatro indivíduos, sendo que dois desceram e um deles, de posse de um revólver calibre 38, anunciou o assalto, roubando o carro, celular e a carteira contendo a quantia aproximada de R$ 1.100. Após o roubo, os assaltantes fugiram sentido à MG-050. Nenhum suspeito foi localizado.

 

 

 

Assaltantes levam mais de R$ 1,5 mil de posto de combustível
Um posto de combustível as margens da MG-050 em Pedra do Indaiá foi assaltado. Dois indivíduos, armados, anunciaram o assalto, roubando a quantia de R$ 1.090 do caixa do posto e o celular do frentista. Após a ação, os assaltantes deslocaram-se até o restaurante do posto, onde as pessoas e funcionários que ali se encontravam já haviam corrido para se esconder e roubaram do caixa a quantia de R$ 500. Após o roubo, os homens fugiram a pé rumo a um matagal atrás do posto e não foram localizados.

 

 

 

 

 

Idoso perde R$ 1,5 mil em golpe
A ação aconteceu na agência da Caixa Econômica Federal em Bom Despacho.
A vítima, de 61 anos, contou à PM que foi prestar serviço bancário para a empresa da filha e sacou a quantia de R$ 2 mil. Ao sair da agência, ele foi abordado por uma mulher, identificada com um crachá escrito ‘Caixa’, dizendo que era funcionária da Caixa Econômica Federal e que era para ele trocar o cartão pelo que estava na mão dela.
A vítima entregou o cartão e recebeu o outro, porém, após a fuga da mulher, a vítima percebeu que o cartão recebido não estava no nome de sua filha e constava outros dados.
A vítima deslocou-se até a agência da Caixa e relatou o fato ao gerente. Foi emitido um extrato e realizado o bloqueio do cartão, mas os estelionatários conseguiram subtrair da conta da vítima a quantia de R$ 1,5 mil na própria agência.
Uma guarnição deslocou-se até o local e fez contato com a gerência para confirmar os fatos e ver as filmagens, tendo a vítima reconhecido a estelionatária. Ao serem checadas as imagens do caixa eletrônico onde foi sacado o dinheiro, foi identificado o possível comparsa da mulher de acordo com o horário do saque. Nenhum deles foi localizado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.