sexta-feira, 21 de Novembro de 2014 06:15h

Ronda

Drogas são apreendidas no Santa Rosa

Durante batida, policiais receberam uma denúncia anônima e compareceram à Rua Pedestre A, no bairro Santa Rosa, em Divinópolis, onde prenderam um homem, de 31 anos. Com ele foram localizados e apreendidos dois tabletes de maconha, um invólucro de crack, uma bucha de maconha e vários sacos.
O peso total da droga apreendida foi de aproximadamente 750 gramas. O homem foi preso e conduzido à delegacia juntamente com o material apreendido.

           

 

 

 
Veículo tomado de assalto é encontrado na MG-050
Um roubo de veículo foi registrado na Rua Afrânio Peixoto, no bairro Morada Nova, em Divinópolis. A Polícia Militar foi acionada pela vítima, um homem de 34 anos, que contou aos policiais que estacionava uma Ford Ranger quando foi abordado por dois indivíduos. De posse de uma arma de fogo, um dos suspeitos anunciou o assalto e logo depois a dupla fugiu levando a caminhonete.
Posteriormente, durante um rastreamento na MG-050, os policiais se depararam com o veículo roubado e o condutor fugiu, entrando em uma estrada vicinal, onde bateu o veículo em uma cerca de arame.
No carro ainda havia outro indivíduo e a dupla fugiu, deixando para trás cartões bancários e documentos pessoais da vítima, um revólver calibre 32 e uma munição intacta no interior da caminhonete. Os policiais também encontraram um celular caído no chão. Ninguém foi preso.

 

 

 
PM apreende arma de fogo com comerciante
A Polícia Militar de Igaratinga recebeu a denúncia de que havia um homem armado na comunidade de Limas, localizada às margens da BR-262. Os policiais foram até o bar e abordaram um comerciante, de 52 anos. Debaixo do balcão do estabelecimento, os policiais localizaram um revólver calibre 38 com seis munições intactas.
O comerciante foi preso e conduzido para a Delegacia em Pará de Minas.

 

 

 

Empresário é preso por desacato e embriaguez

Um empresário do ramo de alimentação e proprietário de uma lanchonete e pizzaria em Itaúna foi pego pela lei seca. De acordo com informações da Rádio Santana FM, Fernando Mendes Batista circulava na Praça da Matriz em um carro e, ao ser abordado por policiais militares, desacatou um deles que, imediatamente, lhe deu voz de prisão. Ele foi flagrado dirigindo com nível de álcool no sangue superior a 0,04 miligramas por litro de ar.
Ele poderá pagar multa de R$ 1.915,40. Além de ter a CNH retida, ele pode ficar também impedido de dirigir por doze meses. Caso o empresário seja condenado por desacato ele pode pagar uma pena de seis meses a dois anos de detenção ou pagar multa.

 

 

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.