quinta-feira, 25 de Junho de 2015 13:18h

Ronda

Funcionário é assaltado ao levar dinheiro para depósito

Um jovem, de 20 anos, que trabalha em uma loja de materiais de construção, foi assaltado ao sair da empresa, em Lagoa da Prata, para realizar depósito de R$ 715 em dinheiro. A vítima contou que foi abordada por dois suspeitos em uma moto e o condutor, com uma faca, anunciou o assalto e exigiu a bolsa que estava com o dinheiro.
Após o roubo, os suspeitos fugiram e não foram mais localizados.

 

Adolescentes são apreendidos com 38 pedras de crack
Dois adolescentes, de 14 e 17 anos, foram apreendidos com drogas em Martinho Campos. De acordo com a Polícia Militar (PM), no momento da abordagem foi localizado com eles uma pedra de crack e um cigarro de maconha.
Na casa do adolescente mais novo, os policiais militares encontraram um invólucro de tamanho considerável de maconha, 38 pedras de crack, um pino vazio usado para armazenar cocaína e sacos plásticos utilizados na embalagem de drogas.  Os adolescentes foram conduzidos à delegacia.

 

Explosivos são encontrados em empresa de cartonagem
Policiais militares e representantes do Ministério do Trabalho compareceram em uma empresa de cartonagem (empresa que fabrica cartões) para averiguar denúncia referente à estocagem de material explosivo.
No local, foram encontrados, estocados de forma irregular, 545 quilos de bombas diversas, 1,2 mil quilos de baladas de pólvora de cor, seis caixas de estopim, 46 caixas de girândola e 36 fardos de foguetes.
Os proprietários da empresa, de 42 e 46 anos, não apresentaram documentos dos materiais e alegaram que os estavam guardando para alguns conhecidos, residentes no Rio de janeiro. Todo o material foi apreendido pelos representantes do exército.
Os proprietários foram conduzidos até o Quartel da PM, onde foi realizado contato com o delegado de plantão, o qual orientou que os conduzidos fossem liberados e comparecessem na delegacia posteriormente. O local foi interditado pelos representantes do Ministério do Trabalho.

 

Briga em família termina com tiro para o alto
Uma adolescente, de 16 anos, procurou a Polícia Militar (PM), no bairro Concesso Elias, e contou que um jovem, de 19 anos, que é pai do seu filho, foi até a casa dela, acompanhado de uma irmã e uma prima, querendo levar o bebê, de cinco meses.
Ao serem impedidos de levarem a criança, o trio passou a agredir a adolescente e o irmão dela, de 25 anos, e depois fugiram.
Algum tempo depois, o jovem voltou ao local acompanhado de dois comparsas e, armados com um revólver, passaram a ameaçar a adolescente. Ao perceberem que a Polícia havia sido acionada, efetuaram um disparo para o alto e fugiram em alta velocidade. Os suspeitos não foram encontrados.

 

Três são detidos com arma
Policiais militares comparecerem ao Bairro Santo Agostinho, em Bom Despacho, onde visualizaram um indivíduo em atitudes suspeitas. Ele estava conversando com dois adolescentes e em determinado momento retirou algo da cintura e entregou a um dos menores.
De imediato, a guarnição fez a abordagem aos indivíduos, que tentaram fugir, porém foram contidos. Durante busca pessoal, foi localizado um revólver calibre 32 com seis munições intactas, um “soco-inglês”, dois celulares e R$ 122 em dinheiro.
O indivíduo e os adolescentes, que já possuem passagens por envolvimento com o tráfico de drogas, furtos e ameaça, foram encaminhados à delegacia, juntamente com os materiais apreendidos.

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.