quinta-feira, 6 de Agosto de 2015 11:04h Atualizado em 6 de Agosto de 2015 às 11:12h.

Ronda

Dois são presos próximo ao campo do Guarani

A Polícia Militar, no fim da manhã de ontem, realizou abordagens próximo ao campo do Guarani, no bairro Porto Velho, em Divinópolis. Entre os abordados, estava o suspeito de um roubo ocorrido em uma residência.
Ao verificarem as imagens do circuito de segurança da casa, os militares prenderam Willian Rodrigues de Oliveira, de 36 anos. Os materiais não foram recuperados.
Márcia Milagres de Lacerda, de 29 anos, também foi presa porque havia um mandado de prisão contra ela por tráfico de drogas.

 

 

Jovem é preso por tráfico de drogas

Durante patrulhamento, militares receberam informações de que na Rua São Braz, bairro Maria Helena, em Divinópolis, estaria ocorrendo tráfico de drogas. No local, os policiais abordaram Willian Júlio Ambrósio, de 18 anos.
Ao avistar os militares, o suspeito jogou no chão um embrulho contendo uma bucha de maconha que, se fracionada, renderia aproximadamente 10 buchas menores. Durante as buscas, foram encontrados dois celulares e R$ 216 em dinheiro. O suspeito foi preso e conduzido para a Delegacia, juntamente com os materiais apreendidos.

 

 

População denuncia e arma é encontrada na zona rural
A Polícia Militar deslocou-se a uma residência no Povoado de Lopes, em Itaúna, para averiguação de denúncia, via 181, de que um senhor estaria com arma de fogo em casa. Foram realizadas buscas pelo imóvel, sendo encontrado, no quarto dele, um coldre de couro, 16 cartuchos calibre 22 e uma luneta.
Posteriormente, foi encontrado, no porão da casa, um rifle calibre 22 com o carregador municiado, uma coronha de madeira, dois cartuchos calibre 28 e um silenciador de tiro. O proprietário da arma e dos demais materiais não foi localizado. Os materiais foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia.

 

 

Carro de detento é incendiado
A Polícia Militar foi acionada na Rua Francisco Assis Viana, no bairro Walter Martins, em Pará de Minas, pois um veículo havia sido incendiado no local. Em consulta ao sistema informatizado, os militares descobriram o proprietário do veículo e foram até a casa dele.
Ao chegarem ao local, os militares foram informados, pela esposa do proprietário do veículo, que ele está cumprindo pena na Penitenciária Pio Canedo e que antes de ser preso, havia colidido o carro contra uma árvore na cidade de Pitangui.
Ainda de acordo com mulher, o veículo havia sido removido por uma empresa de reboque de veículos. Populares relataram aos militares que o carro foi deixado no local do incêndio durante o final de semana por um caminhão guincho. O carro estava com a documentação em dia e não havia queixa de furto. O caso será investigado.

 

 

Crédito: Divulgação PM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.