sexta-feira, 10 de Agosto de 2012 16:47h Gazeta do Oeste

Roni Peixoto está prestes a ser preso, de acordo com a polícia

 Um dos criminosos mais procurados de Minas Gerais, Roni Peixoto - que é apontado como um dos chefes do tráfico de drogas na Pedreira Prado Lopes (PPL), na região Noroeste da capital - pode estar perto de ser preso. Pelo menos foi o que disse o chefe geral da Polícia Civil, Cylton Brandão da Matta, sobre o traficante Roni Peixoto, de 41 anos. Ele é procurado por homicídio, formação de quadrilha, tráfico de drogas, posse e porte ilegal de arma de fogo.
Ele fugiu há pouco mais de um ano da penitenciária José Maria Alckmin, em Ribeirão das Neves, aproveitandos-se de um benefício da Justiça que permitia a ele cumprir a pena trabalhando durante o dia. A informação foi dada nesta sexta-feira (10) durante a apresentação da terceira fase do programa Procura-se, realizada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Uma nova lista com o nome dos 12 criminosos mais procurados do Estado foi apresentada. s rostos dos suspeitos serão estampados em cartazes, afixados nos pontos importantes de Minas, além de sites e redes sociais. 

Pela primeira vez, criminosos do interior do Estado integram a relação de nomes. Além de Belo Horizonte e da Região Metropolitana, foram escolhidos alvos das Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) de Juiz de Fora, Montes Claros, Governador Valadares, Ipatinga e Uberlândia. O objetivo da ação é intensificar as denúncias feitas pela população sobre o paradeiro dos criminosos. Nas duas primeiras fases do programa, 13 dos 18 bandidos anunciados foram presos.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.