terça-feira, 7 de Fevereiro de 2012 08:57h Atualizado em 7 de Fevereiro de 2012 às 10:35h. Paulo Reis

SETTRANS promove operação preventiva para o retorno das aulas

Nos horários de pico os agentes controlarão o fluxo

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SETTRANS) começou ontem (06) a Operação Volta ás Aulas que tem objetivo de promover um retorno às aulas sem nenhum incidente e sem problemas no fluxo do trânsito.
Dentre os conflitos gerados pelo retorno das aulas nas redes particular e pública, estão carros e motos parados em fila dupla fechando parcialmente as vias, ocasionando sérios transtornos e expondo a vida de pessoas a riscos. Vários pontos da área central da cidade chegam a ficar praticamente paralisadas devido a esta prática. De acordo com um relatório elaborado pela SETTRANS está o exemplo da rua Espírito Santo entre três escolas, polos geradores de congestionamento intenso de veículos em pelo menos cinco horários diferentes.
No período correspondente a operação, os agentes municipais de Fiscalização do Trânsito irão avaliar a documentação, tanto veicular quanto a do permissionário, e ainda o cumprimento da Inspeção Veicular Semestral no caso do transporte escolar, visando à segurança dos transportados.
Atualmente são 166 ônibus e micro-ônibus que fazem o transporte escolar na cidade. Para a execução da Operação Volta às Aulas, a SETTRANS contará com a participação da Polícia Militar e de outros órgãos públicos que se fizerem necessário.
Serão realizadas blitzes nos itinerários escolares para proceder ao levantamento das possíveis infrações de trânsito especificadas nos artigos 230 e 231 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como:
“Conduzir veículo sem portar a autorização para condução de escolares”,
“Transitar com o veículo efetuando transporte remunerado de pessoas ou bens, quando não for licenciado para este fim salvo casos de força maior ou com permissão da autoridade competente”.
Os pais, que estiverem com seus filhos, serão orientados sobre os riscos no uso do transporte clandestino.
O controle de fluxo nas portas das escolas também irá garantir a integridade física de alunos, pais e transeuntes. Este monitoramento será estendido aos pontos de maior concentração de pessoas que casualmente coincide com os horários de entrada e saída de estudantes das escolas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.