quarta-feira, 28 de Outubro de 2015 09:29h Atualizado em 28 de Outubro de 2015 às 09:38h. Pollyanna Martins

Suspeito de homicídio é preso em Divinópolis

Ele é suspeito de participar do homicídio de Halisson Bruno de Jesus Souza, no mês passado

O suspeito de ter participado do homicídio de Halisson Bruno de Jesus Souza, de 27 anos, morto a tiros no mês passado, no bairro Terra Azul, em Divinópolis, foi preso nesse final de semana, no bairro Nova Holanda. Segundo a Polícia Militar (PM), policiais militares foram atender uma ocorrência, quando receberam informações de que Douglas Kaique Pereira dos Santos, de 18 anos, conhecido como “Douguete”, estava escondido em uma casa do bairro. Os policiais militares foram até o local indicado, e encontraram o suspeito.
Como havia um mandado de prisão em aberto em desfavor do jovem, os militares deram voz de prisão a ele. Os policiais realizaram uma busca pessoal e com ele, encontraram R$ 46 e um celular. Ainda de acordo com a PM, no início da abordagem, o jovem disse que se chamava Bruno, e reagiu ao perceber que seria preso. O suspeito tentou dar chutes e socos nos policiais, e chegou a cair no chão durante a tentativa de fuga. O jovem foi imobilizado e algemado, logo em seguida, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h). O suspeito teve escoriações nos cotovelos, e no joelho direito. Já um policial, teve escoriações no dedo indicador, e no joelho. Douglas foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, junto com o material apreendido.

 

HOMICÍDIO
De acordo com a Polícia Militar, na noite do dia 25 de setembro, Halisson Bruno de Jesus Souza Resende, de 27 anos, foi morto a tiros, próximo ao local onde morava. Segundo testemunhas, a vítima teve a casa arrombada e vários objetos roubados. Halisson localizou dois suspeitos do roubo, Manoel Esteves Ottoni Junior, de 22 anos, e Douglas Kaique Pereira dos Santos, de 18 anos, e foi tirar satisfações. Enquanto estava na porta da casa deles, dois carros chegaram ao local e cerca de 10 indivíduos desceram dos veículos e passaram a agredir a vítima. Um dos suspeitos atirou várias vezes e três disparos acertaram a vítima, que chegou a ser socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

Créditos: Divulgação/PM

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.