segunda-feira, 5 de Outubro de 2015 12:44h Polícia Civil

Suspeito de matar e estuprar menina de 4 anos em Leopoldina foi preso

A prisão de José Carlos da Silva Balbino, de 31 anos,  mais conhecido como “Bolinha”, como principal suspeito do estupro e assassinato da garotinha Érica Resende Simeão de Oliveira, de 4 anos, ocorrido em Leopoldina, na Zona da Mata, trouxe à tona a revolta da população em decorrência do crime brutal. Ele foi localizado por volta das 9h desta terça-feira (29), quando caminhava por uma estrada de terra que dá acesso a Cataguases.

O suspeito teve a prisão preventiva solicitada pelo delegado André Luiz Dias Lima, titular do inquérito, e acatada pela Justiça. As investigações apontaram que José Carlos se aproveitou da amizade que mantinha com a família de Érica para ter acesso à casa da menina,  nas primeiras horas de sábado (26), e sair com ela sem ser percebido.

O corpo da garotinha, que iria completar cinco anos no dia 4 de outubro, foi encontrado em um matagal do Bairro Popular, na periferia de Leopoldina. Os indícios apontavam que Érica sofreu abuso sexual  e foi morta por asfixia. O laudo de necropsia do corpo está sendo aguardado para confirmar oficialmente as lesões e as causas da morte.

A notícia da prisão do suspeito levou dezenas de moradores a seguirem para a porta da Delegacia de Leopoldina, o que deixou o clima tenso. Temendo uma tentativa de linchamento do preso, os policiais civis seguiram com José Carlos para a Delegacia de Cataguases, onde ele está sendo ouvido. Ele será encaminhado para um presídio, após o depoimento.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.